quinta-feira, 24 de março de 2022

EUA acusam Rússia de cometer crimes de guerra na Ucrânia

Antony Blinken e o presidente Joe Biden já haviam usado esses termos em declarações sobre o conflito

© Getty

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Departamento de Estado americano anunciou nesta quarta-feira (23) que uma investigação interna concluiu que as tropas russas cometeram crimes de guerra na Ucrânia. Na semana passada, o secretário Antony Blinken e o presidente Joe Biden já haviam usado esses termos em declarações sobre o conflito.

Blinken chamou o documento da diplomacia de "análise cuidadosa". Para chegar à conclusão, o governo americano diz ter se baseado em informações de inteligência e outras disponíveis em fontes públicas.

O secretário de Estado falou em "vários relatos confiáveis de ataques indiscriminados e deliberadamente direcionados a civis, bem como outras atrocidades" que teriam sido cometidas pelas forças de Moscou, citando bombardeios em Mariupol, cidade no sudeste sob cerco dos russos.

Segundo o responsável pela diplomacia americana, os EUA continuarão rastreando relatos de crimes de guerra e compartilharão as informações coletadas com aliados e instituições internacionais.

No início do mês, o procurador-geral do Tribunal Penal Internacional anunciou que abriu uma investigação para apurar eventuais crimes de guerra na Ucrânia. À época, Washington saudou a decisão, embora tenha se recusado, na década de 1990, a ser membro do órgão. Ainda assim, analistas dizem que um processo do gênero contra Vladimir Putin ou outros líderes russos enfrentaria grandes obstáculos e poderia levar anos.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo