segunda-feira, 4 de abril de 2022

Casos acumulados de covid-19 passam de 30 milhões no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 13.361 diagnósticos positivos para covid-19

© Getty Images


O Brasil superou 30 milhões de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, em março de 2020. Nas últimas 24 horas, foram confirmados 13.361 diagnósticos positivos para covid-19. Com isso, o total de casos acumulados chegou a 30.012.798.

Ontem, o total de casos acumulados computados pelas secretarias e pelo Ministério da Saúde estava em 29.999.437. Já o número de casos em acompanhamento está em 518 mil. O termo é usado para os casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta nem evoluíram para morte.

Já o total de mortes registradas no país desde o início da pandemia alcançou 660.312. Nas últimas 24 horas, foram registrados 165 óbitos. Ontem, o sistema de dados contabilizava 660.147.

Há ainda 3.085 mortes em investigação, quando o paciente faleceu, mas a causa por covid-19 ainda demanda exames e procedimentos posteriores.

Até hoje, 28.834.486 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 96,1% dos infectados desde o início da pandemia.

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (4). Nele, são consolidadas as informações enviadas por secretarias municipais e estaduais de saúde sobre casos e mortes associados à covid-19.

Os números em geral são menores aos domingos, segundas-feiras e nos dias seguintes aos feriados em razão da redução de equipes para alimentar os dados. Às terças-feiras e dois dias depois dos feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados.

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, os estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento são São Paulo (167.491), Rio de Janeiro (72.914), Minas Gerais (60.935), Paraná (42.933) e Rio Grande do Sul (39.089).

Já os estados com menos óbitos são Acre (1.994), Amapá (2.126), Roraima (2.145), Tocantins (4.146) e Sergipe (6.323).

Até hoje foram aplicadas 400,6 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 173 milhões com a primeira dose, 151,3 milhões com a segunda dose e 4,7 milhões com a dose única. Outros 68,6 milhões de pessoas já receberam a dose de reforço e 2,8 milhões receberam a segunda dose de reforço.

 VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo