sábado, 30 de abril de 2016

Começa hoje campanha de vacinação contra H1N1.

Mais de 20 cidades da Bahia estão fora da iniciativa por falta de vacinas.
Campanha quer vacinar 49,8 milhões de grupo prioritário até 20 de maio.


Os postos de vacinação de todo o país estarão abertos neste sábado (30) para o Dia “D” de vacinação contra a gripe. A mobilização é uma parceria do Ministério da Saúde com as secretarias estaduais e municipais de saúde. A expectativa do governo federal é de vacinar 49,8 milhões de pessoas até 20 de maio.


Supervia promove vacinação contra H1N1

A dose da vacina é destinada para profissionais da saúde, idosos, gestantes e mulheres no período de até 45 dias após os parto
Os passageiros da Supervia, empresa que administra os trens urbanos, que passarem pela estação Santíssimo, no ramal Santa Cruz, terão a oportunidade de participar da campanha de mobilização contra os vírus da Influenza.

Durante todo este sábado (30), um posto móvel vai vacinar as pessoas, das 8h às 17h.

A dose da vacina é destinada preferencialmente para  trabalhadores da área da saúde, idosos, gestantes e mulheres no período de até 45 dias após os parto.

No Município do Rio, a expectativa é a de que mais de 1 milhão de pessoas sejam imunizadas. A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe vai até o dia 20 de maio.

Fonte...BandUol / G1

Cerca de 70 imigrantes estão desaparecidos após naufrágio na Líbia.

Outros 26 imigrantes foram resgatados após o acidente ocorrido perto da localidade líbia de Sabratha.

DR
Cerca de 70 imigrantes estão desaparecidos depois de o bote em que seguiam, com destino a Itália, ter naufragado em frente à costa da Líbia, informou a guarda costeira italiana.
Outros 26 imigrantes foram resgatados após o acidente ocorrido perto da localidade líbia de Sabratha.
Operações de busca foram lançadas na zona por outras 70 pessoas que também seguiriam a bordo, as quais foram, no entanto, dificultadas com o cair da noite.
A guarda costeira italiana informou que na manhã de sexta-feira (29) foi avisada da ocorrência do naufrágio, através de uma chamada de telefone por satélite, localizada no mar, não longe da costa líbia, pelo que alertou as autoridades daquele país.
Um navio mercante italiano recebeu o aviso e deslocou-se ao local, onde encontrou o barco e iniciou a busca pelos sobreviventes.

Advogada diz que PSDB pagou R$ 45 mil pelo parecer do impeachment.


Janaína Paschoal admitiu que foi contratada pelo partido para, junto com Miguel Reale Júnior construir um parecer sobre o afastamento da presidente.

Agência Brasil


A advogada Janaína Paschoal, autora do pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff em tramitação no Senado, admitiu a senadores da comissão especial que foi contratada pelo PSDB, juntamente com o jurista Miguel Reale Júnior, para elaborar um parecer do impedimento. 


O PSDB, que está no comando da relatoria do processo no Senado, com o senador Antonio Anastasia, teria elaborado o pedido de impeachment da petista. A advogada não só confessou ter sido contratada pelo partido, como admitiu, na noite de quinta-feira (28), ter recebido R$ 45 mil da legenda para, em conjunto com Miguel Reale Júnior, construir um parecer sobre o afastamento da presidente, segundo informações da Revista Fórum. 
“Eu fui contratada pelo PSDB em maio. Nós propusemos o processo em setembro. Recebi R$ 45 mil para fazer o parecer”, disse, após ser confrontada pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM). Antes, Paschoal garantia que o pedido havia sido feito baseado nas reivindicações de “cidadãos indignados”. 
A senadora publicou no seu Facebook o vídeo da admissão com a seguinte legenda: “Isso é muito grave! O PSDB contratou, fez o pedido e ainda está relatando o processo do golpe. Um jogo de carta marcada para retirar do poder uma presidente legitimamente eleita com mais de 54 milhões de votos”.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Uncharted 4 e Doom saem em maio; veja os principais lançamentos de games do mês.

(Foto: reprodução)
Maio costuma ser um mês com lançamentos importantes no mercado dos games. Isso porque o mês antecede a chegada do verão - e das férias escolares - no hmisfério norte. E, de fato, em 2016 maio traz alguns dos lançamentos mais esperados do ano até agora.
Um dos mais notáveis é Uncharted 4: A Thief’s End, o quarto capítulo da série de jogos de aventura exclusiva da Sony. Nesse quarto episódio, o herói da série, Nathan Drake, já se aposentou, mas volta à ativa quando Sam, seu irmão mais velho que ele há muito acreditava estar morto, subitamente reaparece. O jogo será lançado no dia 10 de maio, exclusivamente para o Playstation 4, após atrasos e até mesmo um roubo de carga e, apesar de seu nome, pode não ser o último da franquia.


Outro jogo bastante esperado que chega em maio é Doom, uma sequência da antológica série de tiros da década de 90. Desenvolvido pela Bethesda e com gráficos atualizados para a atual geração de consoles e PCs, o jogo promete trazer de volta, além dos tradicionais inimigos e cenários do Doom original, uma série de mecânicas características daquela época. Jogadores de PC, PS4  Xbox One poderão esperar por fases complexas, jogabilidade rápida e vida que não se regenera sozinha no dia 13 do mês.


Dois jogos de tiro voltados para multiplayer online também chegam no mês. São eles Battleborn, da desenvolvedora Take Two, e Overwatch, da Blizzard Entertainment - a mesma por trás de jogos como Diablo,Warcraft e Starcraft. Esse último já está em fase de testes beta desde outubro do ano passado e, assim como Battleborn, também possui elementos herdados dos MOBAs (multiplayer online battle arena, como League of Legends e DOTA).



Também merece destaque em maio o lançamento de Mirror’s Edge Catalyst para PC, PS4 e Xbox One no dia 24. A sequência de Mirror’s Edge traz a mesma protagonista, as mesmas influentes mecânicas de parkour e o mesmo estilo visual brilhante e focado em cores primárias, mas em um jogo estilo open world que dá mais possibilidades de escolha ao jogador.



Maio ainda receberá, no dia 17, Homefront: The Revolution (sequencia do jogo de tiro em primeira pessoaHomefront) e Shadow of the Beast (recriação de um jogo de ação de 1989 com gráficos e história atualizados).Catlateral Damage, o “simulador de gato”, chega também a PCs no dia 27. A Nintendo, por sua vez, só tem um lançamento no mês. Trata-se de Disney Art Academy, que chega ao 3DS no dia 13.

.

Veja abaixo os principais games que saem em maio:
3 - Superhot (Xbox One); Battleborn (PC, PS4, Xbox One)
10 - Uncharted 4: A Thief’s End (PS4)
13 - Doom (PC, PS4, Xbox One); Disney Art Academy (3DS)
17 - Homefront: The Revolution (PC, PS4, Xbox One); Shadow of the Beast (PS4)
24 - Mirror’s Edge Catalyst (PC, PS4, Xbox One); Overwatch (Win, PS4, Xbox One)
27 - Catlateral Damage (PC)

Google desenvolve dispositivo implantável no globo ocular.

(Foto: reprodução)
A Alphabet, empresa-mãe do Google, já se prepara para um futuro em que a tecnologia irá se fundir com o corpo humano. A empresa solicitou uma patente de um dispositivo que pode ser implantado dentro do globo ocular.
Desde a época em que era apenas Google, a companhia já se mostrava interessada nos olhos, com dispositivos como uma lente de contato inteligente para monitoramento de diabetes. O problema é que agora a empresa que ir além: em vez de colocar algo sobre o olho, que tal não colocar algo DENTRO do olho?
O objetivo do implante peculiar é melhorar a visão, com um método de ajudar a focalizar a luz na retina, ajudando o usuário a enxergar melhor. Poderia ser uma alternativa às cirurgias de correção que já se tornaram comuns atualmente.
De qualquer forma, a ideia de colocar um aparelho dentro do olho soa estranha. A patente em questão fala sobre um método de “injetar um fluido na cápsula do cristalino de um olho, onde a lente natural foi removida da cápsula”. O dispositivo intraocular flutua neste fluido, usando energia gerada a partir de radiofrequência, captada por meio de uma antena. O aparelhinho também tem seu próprio armazenamento interno, embora não fique claro o motivo.
Cabe a ressalva sempre que falamos de patentes: muitas delas nunca acabam se transformando em produtos reais. São comuns os casos de empresas que registram uma ideia apenas para protegê-la, mas acabam não utilizando a patente para nenhum fim prático. Nestes casos, só resta esperar para vere o que o Google (ou a Alphabet) farão com isso.

As primeiras estreias de maio na Netflix.

(Foto: reprodução)

Séries
Marseille (05/05)

A série original da Netflix conta a história de robert taro, que foi prefeito da cidade francesa de Marseille por mais de 25 anos. No entanto, ele agora precisa enfrentar o seu antigo protegido que pretende sucedê-lo no cargo.
Grace and Frankie (temporada 2) (06/05)

Trata-se da segunda temporada da série de comédia original d Netflix sobre duas senhoras de idade que viram amigas após seus maridos casarem-se um com o outro. 
Vikings (temporada 3) (01/05)

O seriado é inspirado nas incursões do célebre viking Ragnar Lothbrok à França e à inglaterra. A terceira temporada se inicia com Ragnar como um rei, com grande responsabilidade sobre seu povo.
Supernatural (temporada 10) (07/05)

A décima temporada de Supernatural chega á Netflix no dia 7 de maio. Nela, o caçador de monstros sobrenaturais Sam Winchester continua sua busca frenética por Sam, seu irmão.
Filmes
Palmeiras na neve (01/05)

O filme, uma produção espanhola, fala sobre a ocupação da Guinea sob a perspectiva de um jovem que se muda para a região para trabalhar em uma plantação de cacau em 1958 e se apaixona por uma moça nativa de lá.
O Âncora 2: A Lenda Continua (01/05)

Will Ferrell assume pela segunda vez o papel do âncora de um noticiário para essa sequência. Nela, a equipe do Canal 4 se reúne para trabalhar no primeiro canal de notícias 24 horas de Nova York.
Vale do Pecado (01/05)

Após um encontro ao acaso, um produtor de cinema e sua namorada partem para uma viagem pelo lado sombrio da humanidade. Com Lindsay Lohan, James Deen e Gus Van Sant.
O Lobo de Wall Street (06/05)

O filme conta a história real de Jordan Belfort, um empresário inescrupoloso de Wall Street cuja carreira terminou com sua prisão. Pelos olhos de Belfort, o diretor Martin Scorcese mostra a vida de excessos de hedonismo dos exploradores do mercado financeiro.
 Documentários e Especiais
Ali Wong: Baby Cobra (06/05)

A comediante Ali Wong faz um especial de stand-up falando sobre suas aventuras sexuais, acumuladores  e dificuldades para engravidar.
Cauby - Começaria Tudo Outra Vez (01/05)

A produção é um documentário sobre a vida de Cauby Peixoto, considerado uma das maiores vozes da história do Brasil.
Bodyshockers (01/05)

Bodyshockers é uma série documental filmada no Reino unido sobre pessoas que fizeram modificações extremas em seus corpos (como tatuagens inconvenientes, alargadores enormes e piercings dolorosos) e se arrependem da decisão.
Somm: Dentro da Garrafa (01/05)

O documentário mostra o trabalho de sommeliers, responsáveis por avaliar e armazenar vinhos. Os profissionais tratam desde a fabricação até o engarrafamento e comercialização dos produtos.
The Look of Silence (01/05)

Na Indonésia, o irmão de uma vítima do genocídio da década de 1960 no país consegue descobrir a identidade e a localização dos assassinos. O documentário mostra o momento em que ele vai encontrá-los.
Invictos (01/05)

O documentário vencedor do Oscar de 2012 conta a história da equipe colegial de futebol americano da Memphis Inner City School, que após esforços heróicos chega pela primeira vez à final dos campeonatos nacionais.
 Infantil
Frankenweenie (01/05)

Dirigida por Tim Burton, a animação conta a história de um garoto que fica triste por causa da morte de seu cão. Usando o que aprendeu nas aulas de ciências, ele tenta trazê-lo de volta à vida.
Horton e o Mundo dos Quem! (01/05)

Feito pelos criadores de 'Era do Gelo' e inspirdo em histórias de Dr. Seuss, Horton é um elefante alegre que descobre a aldeia dos Quem! em um pedacinho de poeira. 
Lab Rats (temporada 4) (01/05)

A série conta a história do adolescente Leo, que se muda para a casa de seu padrasto e, pouco depois, descobre que tem três meio-irmãos com poderes biônicos.

Via...Olhar Digital

10 dicas para deixar o Facebook Messenger mais útil.

(Foto: reprodução)
O Facebook Messenger possui quase 1 bilhão de usuários mensais, mas grande parte deles não usufrui todas as facilidades proporcionadas pelo serviço. Seja no app ou na versão web, o Messenger conta com uma série de ferramentas que podem facilitar sua vida. Listamos 10 dicas que podem ajudar a aproveitar o aplicativo ao máximo e torná-lo mais útil. Confira:

1. É possível usar o Messenger sem ter uma conta no Facebook
Quem não tem Facebook mas deseja usar o Messenger pode criar uma conta usando um número de telefone. Basta acessarmessenger.com ou baixar o app.
2. Acesse o app de mensagens sem abrir o Facebook
Se você está no trabalho e não quer abrir a rede social, mas deseja visualizar as mensagens, basta acessar messenger.com
3. Converse com empresas
Recentemente, o Facebook passou a permitir que as empresas criem chatbots. Assim, é possível solicitar notícias, receber informações e até pedir flores sem sair do Messenger.
4. Integre apps ao Messenger
É possível adicionar mini apps dentro do Messenger - como os de GIFs, emojis e o Dropbox. Para isso, clique no botão de três pontos no canto da tela de bate papo.
5. Jogos
O Facebook Messenger oferece dois jogos que podem ser disputados diretamente da plataforma: basquete e xadrez. Envie a alguém o emoji de bola de basquete e clique nela. O jogo começará. O segundo pode ser acessado ao enviar @fbchess.
6. Personalize as conversas
É possível personalizar as conversas na plataforma, escolhendo cores, emojis favoritos e até apelidos para as conversas. Para isso, clique nas configurações da conversa e altere os campos desejados.
7. Chamadas de vídeo
As chamadas de vídeo no Facebook são gratuitas e podem ser uma boa opção para quem não possui o FaceTime. Clique no ícone de câmera no canto superior direito da conversa para iniciar uma transmissão.
8. Chamadas em grupo
Recentemente, o Messenger passou a permitir a realização de chamadas em grupo com até 50 pessoas. Clique no ícone de telefone no canto superior direito para iniciar a chamada.
9. Mensagens de voz
Pouca gente sabe, mas o Messenger possui um recurso semelhante ao do WhatsApp. É possível enviar pequenas mensagens de voz aos amigos na plataforma clicando no ícone de três pontos e, em seguida, em "Voz".
10. Silencie uma conversa
Para silenciar uma conversa clique nas configurações, vá até "Notificações" e selecione o período de silêncio.

Brasil é um dos 10 países onde mais surgem vírus de computador.

Foto Reprodução
A empresa de segurança em tecnologia Symantec divulgou nesta sexta-feira, 29, seu tradicional relatório anual de ameaças à segurança na internet. Entre os dados levantados, descobriu-se que o Brasil é um dos 10 países no mundo de onde mais nascem vírus de computador.
Só na América Latina, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de países que mais "exportam" malware para o mundo, à frente de México e Argentina. Na lista global, os campeões são China, Estados Unidos e Índia. Curiosamente, porém, o Brasil também é um dos países mais atacados por ramsonware (vírus que "sequestra" dados da vítima em troca do pagamento de um resgate).
Mais de 71% do total das contaminações por vírus de computador no Brasil se dá por meio de posts compartilhados manualmente em redes sociais, como o Facebook. É o maior índice da América Latina, enquanto os países vizinhos são mais vítimas de ofertas falsas de prêmios ou promoções: mais de 80% na Colômbia, 70% na Argentina e Peru, e 51% no México.
O relatório também afirma que cerca de 500 milhões de dados pessoais foram roubados ou perdidos em todo o mundo ao longo de 2015. Mais detalhes sobre o estudo da Symantec podem ser colhidos clicando aqui.

Imagens de drone mostram cidade de família de Temer no Líbano.


Há 2 horas
Enquanto no Brasil o vice-presidente Michel Temer (PMDB) enfrenta rejeição de 58% da população, percentual que defende seu impeachment, na pequena cidade de Btaaboura, no norte do Líbano, "sua aprovação é de 100%" – pelo menos nas contas do prefeito da cidade.
"Nós acompanhamos de perto pela televisão a política brasileira e sabemos da rejeição e acusações que ele enfrenta no Brasil. Mas nós estamos ao lado dele até o fim. Se Deus quiser, o próximo presidente da República do Brasil será Michel Temer", disse à BBC Brasil o advogado e prefeito Bassam Barbar, prefeito da cidade de 700 habitantes.
A explicação para tanta torcida é que Temer pode ser o primeiro ilustre com origem na pacata cidade. Sua família saiu dali e imigrou para o Brasil em 1924, indo morar em Tietê, no interior de São Paulo.
  • Reportagem de Tariq Saleh e imagens de Mohamad Chreyteh

Cientistas identificam 'segredo da juventude' em gene ruivo.

Gene tem muitas variantes – uma delas é frequentemente achada em pessoas claras e ruivas
Cientistas holandeses afirmam ter identificado pela primeira vez um gene que tem, em parte, o papel em fazer as pessoas parecerem mais jovens do que realmente são.
Pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Erasmus, na Holanda, em trabalho conjunto com cientistas da companhia Unilever, sugerem que as pessoas que têm uma variante em particular do gene MC1R aparentavam ser dois anos mais jovens, independente da idade cronológica, sexo e quantidade de rugas.
O MC1R tem instruções para a produção de um receptor chamado melanocortina 1. Esse receptor tem um papel na determinação da cor da pele, cabelo e olhos.
Este gene tem muitas formas diferentes, ou variantes. Uma certa variante do gene é frequentemente encontrada em pessoas com pele clara, cabelo ruivo e sardas, daí o apelido "gene ruivo".
A redução na função do gene MC1R está associada à alta sensibilidade ao sol e a alguns tipos de câncer de pele.
Também já se sabe que ele tem vários outros papéis, incluindo respostas a inflamações e reparo de DNA danificado. Essa pode ser a chave para compreender como essa variante do gene parece manter as pessoas com uma aparência mais jovem.
David Gunn, cientista da Unilever que participou da pesquisa, afirmou que a aparência de envelhecimento é algo que todos observam.
"Você encontra duas pessoas que você não viu durante dez anos. Aí você nota que uma parece que não envelheceu um dia sequer e, ao olhar para a outra pessoa, pensa: 'Uau, o que aconteceu com ela?'", disse Gunn à BBC.
A descoberta foi divulgada na revista especializada Current Biology.

Estudo envolveu percepções sobre fotos de voluntários

O teste

Cientistas mostraram a pessoas fotos de 2.693 voluntários que não usavam maquiagem – as imagens também não tinham nenhum tipo de melhoramento (ou seja, zero Photoshop).
Elas tinham de adivinhar qual era a idade dos voluntários nas fotos, e os cientistas então comparavam o que essas pessoas disseram com a idade real de cada um.
O passo seguinte da pesquisa foi coletar o DNA das 2.693 pessoas das fotos para descobrir se havia diferenças ou mutações mais comuns entre aqueles que pareciam mais jovens do que realmente eram.
O resultado: todas as provas encontradas pelos pesquisadores apontavam para o MC1R.
O estudo sugeriu que algumas das variantes do gene levam as pessoas a parecerem, em média, dois anos mais jovens do que as pessoas que trazem em seu DNA outras formas do MC1R.
"A parte animadora é que nós encontramos o gene. E o fato de que fomos os primeiros a descobrir significa que poderemos saber muito mais", disse à BBC Manfred Kayser, professor da Universidade de Erasmus.
"E é animador, pois é um fenômeno conhecido que, até agora, não tinha explicação – por que algumas pessoas parecem tão mais jovens?"
Outros pesquisadores alertam, porém, que essa não é a descoberta da "fonte da juventude"
Os cientistas não conseguiram, porém, esclarecer por que o MC1R tem este efeito. Eles tentaram testar a ideia de que as diferentes variantes do gene poderiam alterar o dano que o sol causa na pele, mas esse não parece ser o caso.
Como o estudo é relativamente pequeno, os autores esperam aumentar o número de pessoas testadas em pesquisas futuras para tentar revelar os efeitos da variante do gene em populações mais jovens e nas não europeias.

Sem fonte da juventude

O professor Ian Jackson, da Unidade de Genética Humana do Conselho de Pesquisa Médica da Grã-Bretanha, disse que a pesquisa holandesa é interessante, mas alerta que não é a descoberta da "fonte da juventude".
"O MC1R é o grande gene envolvido (em características) como cabelo vermelho e pele clara, e o que eles estão tentando dizer é que ele tem uma influência para fazer você parecer um pouco mais jovem. E isso não tem a ver com a pele clara, mas não tenho tanta certeza", afirmou.
David Gunn, cientista da Unilever, espera que as descobertas levem à criação de um produto que faça as pessoas parecerem mais jovens.
"Esse é o primeiro estudo genético a respeito da aparência da idade. Idealmente vamos querer algo que melhore (o funcionamento deste) gene para todo mundo", disse.
Mas ainda não está claro se, a partir desta descoberta, será possível diminuir a aparência de idade de uma pessoa.
"Essa descoberta é interessante e mostra como a genética pode influenciar o processo de envelhecimento independentemente do desenvolvimento de doenças", disse Tim Frayling, da Universidade de Exeter, no Reino Unido, ao comentar a pesquisa.
"Mas, mesmo sendo interessante, os autores admitem que precisam encontrar mais variações genéticas para ter alguma chance de prever a aparência de alguém a partir apenas do DNA dessa pessoa", afirmou.

Qual a origem do termo ‘república de bananas’, usado pelo 'Guardian' para se referir ao Brasil?

Segundo a ONU, a Ásia é a maior produtora de bananas, seguida por América e África
Em um artigo para marcar o início do período de 100 dias que antecede os Jogos Olímpicos, o jornal britânico The Guardian afirmou nesta semana que o Rio de Janeiro “entra na reta final olímpica parecendo mais uma clássica república de bananas do que uma economia emergente moderna a ponto de assumir seu lugar entre as principais do mundo".
A publicação enumera no texto alguns problemas do Brasil, como a queda drástica do PIB, o processo de impeachment e os escândalos de corrupção, e locais, como a poluição na Baía da Guanabara, a morte de 11 trabalhadores nas construções olímpicas e a queda de parte da ciclovia Tim Maia.
Mas, de onde veio a expressão “república de bananas” – trocada na versão online do artigo por "uma república latino-americana da velha escola" –, usada de forma pejorativa para se referir a países da América Latina e Caribe? A resposta passa pelo histórico de violência da região.
"The Guardian" usou o termo "república de bananas" para se referir ao Brasil

Ficção que virou realidade

O termo foi cunhado pelo escritor americano William Sydney Porter, conhecido como O. Henry, no conto O Almirante, de 1904
A história do conto se passa na Anchuria, país fictício descrito pelo autor como “uma pequena república de bananas”. Acredita-se, porém, que Porter tenha se inspirado em Honduras, onde morava quando escreveu a história.
À época, o uso dessa fruta em particular para rotular países inteiros tinha uma base real.
“Até o fim do século 19 e começo do século 20, as empresas americanas, sendo que a mais simbólica era a United Foods (hoje Chiquita), começaram a fazer plantações de bananas em série e criariam enclaves modernos em repúblicas da América Central”, disse à BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC, o historiador Luis Ortega, professor da Universidade de Santiago do Chile.
A United Fruit Company virou a Chiquita Brands International, líder no mercado de bananas
Segundo ele, as “repúblicas de bananas” eram literalmente os países tropicais produtores de bananas e, com isso, dependentes da renda de empresas americanas.
Mas, como explica Ortega, o termo acabou ganhando um significado mais amplo ao migrar para os estudos políticos.
A expressão passou a fazer referência a países marcados pela monocultura e dotados de instituições governamentais fracas e corruptas, nos quais uma ou várias empresas estrangeiras tem o poder de influir nas decisões nacionais.
Para Ortega, que viveu por dez anos na Grã-Bretanha, o que chama a atenção é que os anglo-saxões não aplicam a expressão a países que estejam fora da América Latina e do Caribe.

Modernidade, violência e morte


A banana é um alimento essencial para esportistas, pois é fácil de comer e tem muitos nutrientes
Em seu livro Cem Anos de Solidão, o escritor colombiano Gabriel García Márquez descreveu a instalação de companhias bananeiras na região como algo que trouxe modernidade, mas também violência e morte.
Em seu livro Bananas: How the United Fruit Company Shaped the World(“Bananas: Como A United Fruit Company Moldou o Mundo”, em tradução livre), o jornalista Peter Chapman afirma que, ao se instalar na região, esta e outras empresas concordavam em construir estradas, ferrovias e portos em troca de terras onde a banana seria produzida.
O truque era que, às vezes, os serviços instalados só beneficiavam as próprias companhias e seus negócios de exportação de bananas.
Mas isso não é o pior. Para citar alguns exemplos, há também o “o envolvimento da companhia em uma invasão em Honduras, um massacre na Colômbia e um sangrento golpe de Estado na Guatemala”, segundo a editora do livro, a Grove Atlantic.
Sobre a Guatemala, um executivo da United Fruit disse a Chapman que “a Guatemala foi eleita como sede das primeiras atividades de desenvolvimento da companhia porque, quando entramos na América Central, o governo da Guatemala era o mais fraco, corrupto e flexível da região”, de acordo com o jornalThe New York Times.
Aplicar o termo "república de bananas" ao Brasil é incorreto, diz professor chileno

E o Brasil?

Para Ortega, aplicar o termo “república de bananas” ao Brasil é incorreto e leviano.
“Por exemplo: uma pessoa pode estar a favor ou contra o impeachment, uma pessoa pode acreditar ou não em toda a história de corrupção que cerca o caso Petrobras. Mas, em qualquer caso, as instituições estão funcionando”, afirmou o historiador chileno.
Ele acrescenta que, em uma "república de bananas", diante do “primeiro sinal de instabilidade” já teriam matado o presidente ou teria ocorrido um golpe de Estado.
“O que está acontecendo no Brasil é um caso de crise política, mas que estão tentando resolver de acordo com as instituições.”

Janaína é enganada e apoia impeachment de Temer.

Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pregou peça na autora do pedido de afastamento de Dilma Rousseff na madrugada desta sexta-feira (29)
Janaína Paschoal se irritou durante sessão / André Dusek/Estadão Conteúdo
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) esperou até 1h da manhã desta sexta-feira (29) para poder pregar uma peça na autora do pedido de impeachment, Janaina Paschoal, na sessão dedicada a ouvir os denunciantes na comissão especial. Ele fez uma explanação apresentando a edição de decretos de créditos suplementares específicos e pediu, em seguida, a opinião de Janaína sobre esses documentos.

A jurista defendeu que os créditos suplementares sem a autorização do Congresso Nacional configuram crime de responsabilidade e devem ser punidos com o impeachment. "Muito bem, fico feliz com sua opinião, porque a senhora acabou de concordar com o pedido de impeachment do vice-presidente Michel Temer", disse Randolfe. "Essas ações que eu li foram tomadas pelo vice".

A professora ficou constrangida e tentou se explicar. Apenas algumas horas antes ela havia dito que não havia indícios suficientes para pedir o impeachment de Temer. "O Vice-presidente assina documentos por ausência do presidente, por delegação. Neste caso, não há o tripé de crimes continuados e intercalados entre si", tentou justificar. 

Bronca

Já perto da meia-noite, quando a sessão já andava morna, a denunciante Janaina Paschoal se exaltou com o senador Telmário Mota (PDT-RR) depois que ele questionou se ela era advogada do procurador da República Douglas Kirchner, demitido pelo Conselho Nacional do Ministério Público por suspeita de agredir e torturar a esposa. "Não quero! Não vou admitir", gritou.

Ela levou uma bronca do presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB). "Por favor, vamos falar em um tom compatível com o ambiente em que nós estamos". 

Convidada ao lado do advogado Miguel Reale Jr. para detalhar o pedido de impeachment que tramita no Congresso, Janaína rebateu que "seu cliente nunca bateu na mulher" e que a autoria das agressões é de uma tia da vítima. "Tudo tem limite, meus clientes são sagrados", protestou, retirando-se da sala.

O senador Telmário Mota treplicou que fez várias perguntas técnicas sobre o embasamento jurídico da denúncia contra Dilma e que a questão sobre o procurador era secundária. "Respondeu porque quis", alfinetou, recebendo críticas do líder do PSDB, senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB). "Lamento essa intimidação. Querem transformar em ré a pessoa que acusa", afirmou o tucano.

Janaína retornou à mesa e pediu desculpas ao presidente pelo comportamento. Antes de sair do plenário, Telmário Mota também pediu desculpas discretas à denunciante, que sorriu e seguiu ouvindo o orador seguinte, senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo no Congresso.

Fonte...BandUol

Após foto em gabinete do ministro, 'primeira-dama' pode posar nua.

"Ainda não houve convite, não a procuramos. Mas isso não está descartado", disse produtor da Sexy.

DR
Após a enorme repercussão das fotos de Milena Santos no gabinete do marido, Alessandro Golombiewski Teixeira, recém-empossado ministro do Turismo (PT-RS), a morena acabou entrando na mira da revista "Sexy".

"Ainda não houve convite, não a procuramos. Mas isso não está descartado. Ela está na mídia e isso é sempre legal pra gente", diz Laisa D´Ambrosio, produtora da revista, ao site 'Ego'.
Por outro lado, a "Playboy", que trouxe Luana Piovani em sua primeira capa após seu relançamento, declarou não ter interesse em um ensaio nu com Milena.
Ainda segundo a publicação, a morena - que ganhou o concurso Miss Bumbum Estados Unidos, em 2013 - já posou nua para a "Sexy Premium" em 2006 e 2008.
Topo