sábado, 31 de dezembro de 2016

Saúde do Rio entra em 2017 com nova greve

Paralisação é devida aos atrasos nos salários e à situação de penúria em que se encontram hospitais

© Tânia Rego/Agência Brasil/Fotos Públicas
Servidores de todas as categorias da área de Saúde do Estado do Rio de Janeiro vão cruzar os braços por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (2), devido aos atrasos nos salários e a situação de penúria em que se encontram hospitais e a rede pública de atendimento.

Enfermeiros, médicos, agentes de Vigilância Sanitária, terceirizados e pessoal da área administrativa alegam já não terem condições de ir ao trabalho. A paralisação foi deliberada em assembléia nesta sexta-feira (30), e as categorias já enviaram ofício à secretaria dando conta da greve.
A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou, em nota, que os servidores concursados que atuam nas unidades da secretaria receberão o salário integral do mês de novembro até esta sexta, 30. Os beneficiados serão servidores com cargos de nível fundamental, elementar e médio.
De acordo com a secretaria cerca de 4,6 mil servidores estão nesta categoria, todos da ativa. Em nota, a secretaria disse que os recursos para viabilizar o pagamento são da própria pasta: "A secretaria está reunindo esforços e vai realizar o pagamento com recursos da própria pasta, por reconhecer o esforço dos profissionais e para garantir a manutenção dos serviços", informou a nota.
Devido às comemorações do Réveillon, os bancos encerraram o expediente na quinta-feira, 29, e só retornaram na próxima segunda-feira, 2. O diretor do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed), Jorge Darze, diz que a decisão pela greve foi correta, por não ser mais possível conviver com o que está acontecendo hoje no Rio de Janeiro.
"Estamos falando de um Estado em situação de calamidade nunca antes vivida, que não tem condições sequer de pagar os salários de seus servidores, e isto é uma situação de extrema gravidade. Estamos vivendo no Rio de Janeiro uma realidade semelhante à dos crimes de guerra, porque a tortura é uma das consequências desse estado de calamidade por que passa o Rio", diz Darze.
Segundo o diretor, os servidores que realizam sua jornada de trabalho diário de 30 dias deveriam fazer jus a recebe o salário ao final desse período mas há quase dois meses não se paga um centavo, o governo promete pagamento parcelado e não cumpre. "As pessoas vivem uma estabilidade não só financeira, mas emocional, porque ninguém tem mais condições de planejar as suas vidas. Contas e aluguéis chegam e as pessoas não pagam. Há uma situação gravíssima que entendemos que é fruto da incapacidade do atual governo de continuar à frente da gestão do Estado.
Entendemos que haja o impeachment do atual governador por demonstrar uma total incapacidade de gestão da crise", afirma o diretor do Sinmed-RJ. Darze diz que o impeachment do atual governador se deve também por outros motivos. "Não só por causa disso, mas pelas denúncias que já levaram o ex-governador Sérgio Cabral à prisão. O atual governador Pezão era seu secretário de Obras, e não concordamos com a ideia de que durante oito anos de governo Sérgio Cabral que o atual governador do Estado, como secretário de Obras, não tivesse conhecimento dessa quadrilha organizada no governo do Estado. Até porque quando o Ministério Público pediu a prisão do governador essa investigação se deu em três grandes obras."
Para Darze, a situação, além de configurar gestão temerária, que coloca em risco de vida a população do Rio de Janeiro, também envolve fatos graves que podem estar classificados como atos criminosos de corrupção na medida em que o atual governador fazia parte do governo Sérgio Cabral.
"A greve é uma consequência natural do quadro em que se encontra o Rio de Janeiro. Os servidores não tem mais dinheiro para chegar aos locais de trabalho, os hospitais estão desabastecidos, a mortalidade tem aumentado de maneira assustadora", diz Darze, lembrando que esteve essa semana no Instituto de Cardiologia Aloysio de Castro, no Humaitá, onde os médicos denunciaram que a mortalidade ds pacientes operados quase dobrou devido à infecção e a falta de antibióticos e exames necessários para avaliar melhor os pacientes. Com informações da Sputnik News Brasil.

Policiamento na Praia de Copacabana reduz 13,7% em relação a 2015

Em 2015, a celebração contou com 2.215 no bairro contra 1.910 este ano

© Reuters
Menos 305 policiais nas ruas da festa do réveillon em Copacabana. Pode parecer pouco, mas o número preocupa os milhões de turistas e cariocas que vão ao evento neste sábado (31). Por causa da crise, a Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu cortar 13,7% do efetivo. Em 2015, a celebração contou com 2.215 no bairro contra 1.910 este ano.

Segundo o jornal O Globo, a Polícia Militar não divulgou o número de militares em outras regiões da cidade. No entanto, na Lagoa, por exemplo, terá apenas homens do programa Segurança Presente um convênio com a iniciativa privada, que conta com policiais trabalhando em dias de folga.
O númer de homens no estado do Rio este ano também é inferior se comparado ao anopassado. Distribuídos nos 92 municípios fluminenses, 10.694 homens farão a segurança no momento da virada. Ano passado, 11.928 policiais fizeram a segurança, uma queda de 10,3%.
A justificativa da PM é que a festa este ano será menor. Em 2015, ao longo de toda a faixa de areia em Copacabana, foram montados quatro palcos para apresentações de artistas. Já este ano haverá apenas um para os tradicionais shows.

Idosa empresta R$ 200 mil para 'namorado virtual'

Pagamentos foram feitos por sites de transferências internacionais do Quênia

© DR
Uma aposentada de 69 anos contou à Polícia que foi vítima de um golpe durante um namoro virtual. O homem, que se dizia inglês, pediu R$ 200 mil emprestado em seis meses para pagar os estudos dos filhos.

Segundo o G1, a vítima contou que conheceu o namorado, que se identificou como Ray Roberto, pela internet.
Enquanto namoravam, desde o dia 20 de julho deste ano, o homem pediu ajuda financeira para pagar os estudos dos filhos na África do Sul, além de taxas bancárias.
A aposentada emprestou o dinheiro solicitado. No total, foram R$ 200 mil.
Os pagamentos foram feitos por sites de transferências internacionais do Quênia, o Moneygram e Ego Brown.

Mulher de embaixador teria oferecido R$ 80 mil para matar marido

Para o delegado, a motivação do crime foi passional, já que o PM e a Françoise Amiridis tinha um caso amoroso

© Divulgação
Nesta sexta-feira (30), em entrevista coletiva concedida pela polícia Civil do Rio, o delegado Evaristo Pontes Magalhães, da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), informou que a Justiça decretou a prisão da viúva, a embaixatriz Françoise Amiridis; do PM Sérgio Gomes Moreira Filho, que era seu amante; e do primo dele, Eduardo Moreira de Melo.

De acordo com o delegado, os três confessaram o assassinato do embaixador grego Kyriakos Amiridis, que teria sido encomendado pela mulher do embaixador pelo valor de R$ 80 mil. No entanto, a viúva nega ter oferecido dinheiro ao primo de Sérgio.
"Inicialmente ela negou, mas conseguimos demonstrar para ela que não tinha mais saída. Aí, ela cai em contradição, cai no pranto de choro e começa a relatar que finalmente o policial militar tinha sido o autor daquele crime de homicídio. Disse que não queria que acontecesse, que não tinha culpa, que não tinha como ter evitado", explicou o delegado.
Para o delegado, a motivação do crime foi passional, já que o PM e a Françoise Amiridis tinha um caso amoroso.
"A investigação é complexa e há muitas informações a serem esclarecidas ainda", explicou o delegado.

Policial militar tentar evitar assalto e é morto a tiros no Rio

Jonathan Barros de Carvalho estava trabalhando em uma cabine em frente a um shopping quando foi atingido por criminosos

© Pixabay
Um soldado da Polícia Militar foi morto a tiros após tentar impedir um assalto, na tarde da última sexta-feira (30), na Freguesia, Zona Oeste do Rio. Jonathan Barros de Carvalho estava trabalhando em uma cabine em frente a um shopping quando foi atingido por criminosos.

Segundo o Extra, o PM conseguiu revidar, no entato, terminou atingido na região do tórax. Ele foi socorrido e levado para o Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, também na Zona Oeste, mas não resistiu aos ferimentos.
"Era um garoto gente fina, família e casado. Era trabalhador. Estava de serviço, anunciaram que estava tendo um assalto, uns rapazes numa moto. Ele foi lá verificar e acabou sendo atingido. Não resistiu. Era uma ótima pessoa e gostava muito do que fazia", disse um amigo de farda do soldado.

Policial militar confessa assassinato de embaixador grego

Envolvidos no crimes já tiveram prisão decretada pela Justiça

© Reprodução / Facebook
O policial militar Sérgio Gomes Moreira, de 29 anos, confessou ter assassinado o embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis. De acordo com o delegado da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), Evaristo Pontes Magalhães, as prisões preventivas de todos os envolvidos no caso já foram decretadas pela Justiça.

Segundo matéria do "UOL", a mulher do diplomata, Françoise de Souza Oliveira, seria a mandante do crime. Ela pagaria R$ 80 mil se o serviço fosse realizado como solicitado.
Moreira teria sido o executor e Eduardo Moreira de Melo, primo do policial militar, teria ajudado a se livrar do corpo.
Os três estão presos na DHBF de Belford Roxo, na região metropolitana do Rio de Janeiro.
A Polícia Civil acredita que trata-se de um crime passional, pois o PM e a viúva assumiram que mantinham uma relação extraconjugal, sem o conhecimento do diplomata. Françoise disse também que era agredida constantemente pelo marido.

Polícia detém quase cem pessoas suspeitas de arrastão no Centro

"Eles passaram agredindo e roubando todo mundo", contou uma vítima, que não quis se identificar

© Divulgação
Na tarde desta sexta-feira (30), a Polícia Militar deteve cerca de 80 pessoas que estariam fazendo um arrastão em um ponto de ônibus no Centro do Rio.

De acordo com a PM, os jovens estavam em um coletivo da linha 474. Eles teriam descido do ônibus quando passavam embaixo da passarela do metrô da Cidade Nova, e começaram o arrastão.
"Eles passaram agredindo e roubando todo mundo", contou uma vítima, que não quis se identificar.
Após os assaltos, os jovens retornaram ao ônibus e fugiram. No entanto, um carro de polícia interceptou o veículo. Cerca de dez viaturas estiveram na ocorrência
Segundo informações do Extra, apenas hoje houve arrastão na Linha Vermelha, no Maracanã e em São Cristóvão.

NASA alerta: 2 cometas estão se aproximando da Terra

Cientistas ainda não verificaram sua origem e se se trata de um cometa ou de um asteroide

© Divulgação/ Nasa
Os astrônomos da missão espacial Neowise descobriram dois objetos espaciais que se estão aproximando rapidamente da Terra, informou a NASA.

O primeiro objeto descoberto, o cometa C/2016 U1 (Neowise), detectado pela primeira vez em 21 de outubro, chegará ao ponto mais próximo do Sol em 14 de janeiro.
No que diz respeito ao segundo objeto, o 2016 WF9, os cientistas ainda não verificaram sua origem e se se trata de um cometa ou de um asteroide.
Mas o que se sabe é que esse objeto alcançará a órbita da Terra em 25 de fevereiro e se aproximará do nosso planeta a uma distância de 51 milhões de quilômetros (100 vezes mais que a distância entre a Terra e a Lua). Foi destacado que 2016 WF9 tem um quilômetro em diâmetro e que foi observado em 27 de novembro deste ano.
É importante frisar que ambos os objetos espaciais acima mencionados não representam perigo para a Terra. Estes dois corpos celestes foram descobertos no âmbito da missão Neowise (NEO Wide-Field Infrared Survey Explorer). Para esse fim foi usado um telescópio de observação do espaço exterior com ondas infravermelhas. (Sputnik Brasil)

Skol promove quebra de estereótipos em novo anúncio; confira

Na contramão dos comerciais de cerveja que impõem corpos 'perfeitos', Skol deu exemplo de

© Reprodução/Youtube
Finalmente as marcas de cerveja estão direcionando seus anúncios para quem realmente gosta de cerveja, ou seja, todo mundo (maior de 18, claro).

Neste verão, a Skol lançou um anúncio incentivando as pessoas a 'saírem do quadrado'.
Confira o bom exemplo dado pela marca no vídeo abaixo!
                                                           © Reprodução/Youtube

Via...Notícias ao Minuto

Amanda massacra Ronda Rousey em 48s e faz história no UFC

Brasileira não deixou a norte-americana pensar dentro do octógono

© GETTY IMAGES - CHRISTIAN 
A baiana Amanda Nunes fez história na madrugada deste sábado (31), em Las Vegas, nos Estados Unidos. A campeã do peso-galo feminino massacrou a estrela Ronda Rousey, definindo a luta principal do UFC 207 em apenas 48 segundos. Assista:


Amanda começou o duelo aplicando quatro golpes sequenciais. A norte-americana ficou desorientada com os golpes e “aceitou” o nocaute - definido como técnico pelos árbitros.

“Parem com essa coisa de Ronda Rousey. A campeã sou eu”, declarou a “Leoa” Amanda Nunes, com o cinturão nas mãos. A brasileira deixou a Arena de Las Vegas ovacionada pelo público.

Aprenda a abrir a garrafa de champanhe como um profissional

O guia completo para não passar vexame amanhã quando for abrir a garrafa de espumante

© DR
Pode parecer bastante simples abrir uma garrafa, mas se para abrir uma garrafa de vinho é preciso ter uma certa técnica, para abrir uma garrafa de espumante é preciso ainda mais mestria.

Apesar de todo o teatro envolvido na garrafa de espumante, a rolha não deve sair num estrondo e nem se deve perder metade do líquido. O site El Confidencial partilhou as dicas de um especialista para conseguir abrir uma garrafa de espumante como um verdadeiro profissional:
1. Pode parecer óbvio, mas o espumante tem de estar bem gelado, não só para ter um gosto melhor, como para que a temperatura adequada facilite a extração da rolha.
2. Assim que retirar a garrafa da geladeira, mantenha-a num balde com gelo e um pouco de sal – o sal absorve o calor da garrafa e permite que o frio do gelo se transmita mais rapidamente ao conteúdo da garrafa.
3. Quando tirar a garrafa do balde, limpe-a com um pano para evitar que escorregue das mãos.
4. Antes de abri-la aponte o gargalo da garrafa para um local onde não tenha nenhum convidado nem coisas que possam quebrar, como lâmpadas.
5. Retire o papel metálico que cobre a rolha e desenrosque o arame que segura a rolha.
6. E agora, o truque final, retire a rolha com a mão ou com uma toalha, mantendo-a sempre segura e para impedir que saia em disparada, mantenha a mão e não rode a rolha nem gire a garrafa! Assim evita o ‘estouro’ típico e mantém a segurança dos seus convidados. 


Duas explosões atingem Bagdá e deixam ao menos 21 mortos e 43 feridos

Segunda bomba explodiu enquanto pessoas se mobilizavam para ajudar feridos da primeira explosão

Adicionar legenda
A capital iraquiana foi atingida por duas explosões neste sábado (31). A mídia local informa que há pelo menos 21 mortos e 43 feridos.

Segundo "Kurdistan24", ambas as explosões atingiram a área comercial do bairro Sanak. A segunda bomba explodiu quando as pessoas começaram a se juntar para ajudar os feridos resultantes da primeira explosão.
Ainda se desconhece se o ataque foi realizado por homem-bomba ou por explosivo detonado remotamente.

Até o momento nenhum grupo reivindicou o ataque. (Sputnik Brasil)

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Amanda Nunes e Ronda Rousey se enfrentam nesta sexta no UFC 207

Brasileira defende o cinturão e mira o estrelato diante da lutadora norte-americana

© Reprodução / Instagram / UFC
Ronda Rousey retorna ao octógono na noite desta sexta-feira (30), no UFC 207, que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos. A estrela do mundo da luta enfrenta a brasileira Amanda Nunes, que defende o cinturão da categoria peso-galo da maior organização de MMA do planeta.

Mas como pontuou o Combate, a luta desta noite será diferente para Ronda. Ela deixa de ser o pesadelo das rivais para enfrentar uma adversária mais difícil do que Amanda: a própria Ronda Rousey, que foi nocauteada por Holly Holm no UFC 193 e, desde então, ainda convive com a dor dessa derrota.
Já a baiana Amanda, se vencer, pode alcançar o status de estrela se vencer a norte-americana, que já avisou: “tema o meu retorno”. A brasileira no entanto disse estar “tranquila” para o duelo.
O UFC 207 começa às 22h30 (de Brasília). Ao todo, serão cinco lutas pelo card preliminar e outras cinco pelo card principal. Amanda e Ronda vão fechar a noite.







Via...Notícias ao Minuto

Fechamento de bancos transfere vencimentos para segunda-feira

Pagamentos poderão ser realizados no dia 2 de janeiro

© DR
As agências bancárias fecharam nesta sexta-feira (30) para balanço de ano e não tiveram atendimento ao público. Com isso, quem tem contas e carnês com vencimento nesta data ou no fim de semana poderá fazer os pagamentos no dia 2 de janeiro, quando os bancos reabrem, sem cobrança de multa por atraso.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) lembra que no dia em que não há atendimento nos bancos o cliente pode utilizar os caixas eletrônicos, internet banking, banco por telefone e correspondentes bancários como casas lotéricas e agências dos Correios.
Preenchimento de cheques
Quem costuma utilizar cheques deve ficar atento com a virada do ano, no próximo domingo, para não errar no preenchimento, colocando a data do ano anterior. A Febraban alerta que o cheque preenchido com a data errada pode ser devolvido. Portanto, para garantir que a compensação seja feita corretamente, a recomendação é ter atenção para datar com o ano de 2017. Com informações da Agência Brasil. 

Fabricantes de leitores de CD e DVD poder ser condenados por cartel

Parecer com a recomendação de condenação segue para julgamento pelo Tribunal do Cade

© DR
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) recomendou a condenação de seis empresas fornecedoras de unidades de leitura de CDs, DVDs e Blu-ray usados em computadores, videogames e nos próprios aparelhos de CD e DVD. As seis companhias são acusadas de formação de cartel internacional com efeitos no mercado brasileiro das chamadas unidades de disco óptico - ODD, na sigla em inglês.

Segundo o parecer do Cade, o cartel operou entre 2003 e 2009. "A conduta afetou a concorrência no mercado de ODD e causou prejuízos, no Brasil, tanto às empresas que adquiriram o produto das representadas em escala mundial quanto aos consumidores finais de bens que utilizavam o produto afetado em seu processo de fabricação como laptops, desktops e consoles de jogos", cita o Cade.
Entre as empresas prejudicadas estão Dell, Hewlett-Packard, Samsung Electronics, Asus, Gateway, Acer e Microsoft.
Segundo o Cade, o conluio entre as empresas "era marcado pela troca regular de informações comercialmente sensíveis como capacidade de produção, escassez de oferta, requisitos de qualidade dos clientes, informações sobre lançamento de novos produtos". No contato entre as empresas, eram feitos acordos com licitações privadas e preços eram definidos. "O objetivo era reduzir e/ou eliminar a possibilidade de concorrência efetiva", cita o Cade.
O parecer com a recomendação de condenação segue agora para julgamento pelo Tribunal do Cade, responsável pela decisão final. Caso sejam condenadas, as empresas deverão pagar multa que pode alcançar até 20% do faturamento bruto no ano anterior ao de instauração do processo.

Pezão veta redução do próprio salário já aprovada pela Alerj

No mesmo veto, Pezão rejeitou ainda emendas que tinham objetivo de reduzir gastos com a frota de veículos oficiais usados pelos órgãos e entidades da administração pública estadual

© Estadao Conteudo
Em meio a uma grave crise fiscal, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), vetou o projeto de lei de autoria do próprio Poder Executivo que reduzia o salário da cúpula do governo estadual.

A medida era uma das principais iniciativas do pacote de austeridade enviado à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) para enfrentar a crise nas contas públicas. Tinha como objetivo ajudar a sanar as contas do governo. Após aprovada em plenário, a redução nos subsídios de autoridades estaduais seguiu para sanção do governador.
Segundo Pezão, como os deputados rejeitaram a criação da alíquota previdenciária extraordinária de até 30% na folha de pagamentos de servidores ativos e inativos, apenas governador, vice-governador, secretários e subsecretários teriam que suportar reduções em seus subsídios, "o que evidentemente não se coaduna com o espírito inicial da medida, vinculada à observância do princípio da isonomia", alegou.
A decisão de Pezão em que volta atrás sobre o corte de seu salário foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira, 30. Na justificativa do veto, o governador argumenta ainda que a redução dos salários de dirigentes estaduais tornaria a remuneração da cúpula do Poder Executivo estadual inferior aos ganhos de agentes subordinados, "em verdadeira inversão da hierarquia e correlatos graus de responsabilidades".
No mesmo veto, Pezão rejeitou ainda emendas que tinham objetivo de reduzir gastos com a frota de veículos oficiais usados pelos órgãos e entidades da administração pública estadual; com a concessão de diárias e traslados a servidores públicos e temporários; e com a utilização de helicópteros oficiais do Estado do Rio de Janeiro.

Da cadeia, Cunha reclama de desunião do centrão em disputa na Câmara

O ex-presidente da Câmara relatou seu descontentamento ao deputado Carlos Marun (PMDB-MS), que fez uma visita a Cunha nesta sexta

© Reuters / Rodolfo Buhre
Preso há pouco mais de dois meses em Curitiba (PR), o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) criticou, segundo um aliado, a falta de unidade do centrão -grupo de deputados que orbitava em seu entorno- na disputa pela presidência da Câmara.

O ex-presidente da Câmara, cassado por seus colegas e alvo da Operação Lava Jato, relatou seu descontentamento ao deputado Carlos Marun (PMDB-MS), que fez uma visita a Cunha, na manha desta sexta-feira (30), no Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana da capital paranaense.
Os dois conversaram por cerca de meia hora em um parlatório, por interfone, separados por uma placa de vidro. Eles falaram sobre a disputa entre o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que se tornou desafeto de Cunha, e dos candidatos do centrão, Rogério Rosso (PSD-DF) e Jovair Arantes (PTB-GO).
"Coloquei para ele que Rodrigo era uma candidatura forte. Ele disse que era burrada do centrão não estar unido, mas não expressou brabeza com Rodrigo", disse Marun.
Marun disse que Cunha, habituado a sempre usar paletó e gravata, trajava uma camiseta branca e uma calça de moletom. Afirmou que o ex-deputado estava "triste, mas não desesperado" e "revoltado" com sua prisão.
Segundo Carlos Marun, Cunha estava bem informado sobre as questões da política nacional, mas não fez comentários sobre o governo de Michel Temer. Perguntou sobre a bancada do PMDB e disse que não sabia que o deputado Baleia Rossi (SP) havia sido reconduzido à liderança do partido na Câmara.
"Da meia hora que conversamos, cerca de 20 minutos foram falando sobre a defesa dele, sobre pedidos de relaxamento de prisão. Ele reclama de sua situação jurídica, da aceitação das prisões preventivas e da dificuldade de ter para quem reclamar", disse Marun após a visita.
OPERAÇÃO LAVA JATO
Marun afirmou ainda que Cunha não disse claramente se faria ou não delação premiada. "Mas falou que, ali, naquele lugar onde ele está [Complexo Médico Penal], ficam as pessoas que não vão fazer delação. São pessoas que saem do centro dos acontecimentos, a carceragem da Polícia Federal", disse Marun.
Cunha foi transferido da carceragem da PF para o presídio no dia 19 de dezembro. A decisão de transferência foi da Justiça Federal do Paraná. De acordo com o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, o espaço na PF é limitado.
No Complexo Médico Penal estão outros políticos envolvidos no escândalo de corrupção da Petrobras, como o ex-ministro José Dirceu e o ex-deputado André Vargas.
Carlos Marun deixou no presídio, de presente de Natal para Cunha, o livro "Ditadura Acabada", quinto volume da série do jornalista Elio Gaspari sobre o regime militar. Com informações da Folhapress.

Mulher de embaixador grego confessa participação no crime

Segundo os investigadores, tanto Françoise quanto o PM confessaram que os dois tinham um caso

© Reprodução
A mulher do embaixador da Grécia Kyriakos Amiridis confessou ter participado do assassinato do marido, nesta sexta-feira (30).

De acordo com a polícia, Françoise de Souza Oliveira seria a mandante do crime, enquanto o policial militar Sergio Gomes Moreira Filho, amante da suspeita, seria o executor. Os dois tiveram o pedido de prisão enviados à Justiça.
Outros dois dois cúmplices, Eduardo Tedeschi, amigo do PM, e um primo de Sérgio Moreira também foram indiciados.
Como não houve tiros na residência do casal, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, a polícia acredita que Amiridis tenha sido morto a facadas.
Segundo os investigadores, tanto Françoise quanto o PM confessaram que os dois tinham um caso.

Morador agride violentamente faxineira dentro de prédio; vídeo

A faxineira, um porteiro e uma terceira funcionária tentaram ajudar o homem, que, quando voltou ao normal, começou a agredir a mulher com chutes, murros e pontapés

© Pixabay
Mais um caso de violência contra a mulher foi registrado na última quinta-feira (29), em Vitória. Imagens de câmeras de segurança de um prédio na capital capixaba mostram um morador agredindo uma faxineira violentamente. Ele foi detido e a vítima está internada. O estado de saúde dela é estável.

Identificado como Bertrand Aron, 31 anos, o morador, após uma queda, entrou em convulsão. A faxineira, um porteiro e uma terceira funcionária tentaram ajudar o homem, que, quando voltou ao normal, começou a agredir a mulher com chutes, murros e pontapés.
Durante a agressão, moradores do edifício acionaram o Samu e a polícia para prestar socorro à vitima. "Ele nunca tinha causado problemas no prédio, nunca imaginei que faria isso. Quando a vi, pensei que ela estava morta. Ela trabalha no prédio há cinco anos e é uma pessoa muito querida”, disse um morador sobre o agressor, em entrevista ao G1.
Segundo testemunhas, o morador, identificado como Bertrand Aron, 31 anos, chegou em um carro modelo Onix laranja e, aparentemente alterado, saiu andando pela garagem. Após uma queda, ele entrou em convulsão. Nesse momento, a faxineira, um porteiro e uma terceira funcionária do prédio se aproximaram e tenta prestar ajuda.
Com o agressor, forma encontradas latas de cerveja consumidas e 13 pinos de substância similar à cocaína no veículo no qual ele estava. O homem foi levado para a Delegacia Regional de Vitória e autuado por tentativa de feminicídio e por porte de drogas para uso pessoal. Ele foi transferido para o presídio de Viana por volta das 8 horas desta sexta-feira (30).

Ex-prostituta vira a vereadora mais querida do Brasil

Coroca assumirá mandato em Manacapuru, a 99 km de Manaus

© Twitter
Eleitores em todo o mundo decidiram se distanciar dos candidatos tradicionais. A pequena cidade de Manacapuru (99 km de Manaus) não seria exceção. Na cidadezinha do estado do Amazonas, a Coroca, mulher de 32 anos e com nome verdadeiro Francisca da Silva, venceu as eleições, tornando-se uma das vereadoras do município. A sua candidatura foi apoiada por taxistas locais que convenceram Coroca a se candidatar.

A mulher do povo recebeu apoio de feirantes e comerciantes. A cidade de Manacapuru tem 95 mil habitantes e é marcada por ruas sujas devido à paralisação da coleta de lixo e esgotos a céu aberto, que comprovam a má administração local. Os cidadãos não estão satisfeitos com o mandato do atual prefeito, Jaziel Tororó (PMBD). No panfleto da campanha eleitoral da candidata, ela aparece maquiada e vestida de roupa sóbria preta. Não esqueçamos o lema: "Por insatisfação e revolta vote…!!! Coroca". A campanha custou apenas R$ 155.
O resultado das eleições surpreendeu todos, a vitória pôs de cabeça para baixo a vida de Francisca da Silva, Coroca. A mulher que começou a se prostituir aos 11 anos de idade, chegando a fazer programas por R$ 10, e que vive em uma casa miserável com seus pais e três filhos, não esperava tal resultado. A vitória lhe trouxe popularidade local, hoje em, Francisca é recebida com sorrisos e muitos se referem a ela como "minha vereadora".
A partir da próxima semana, o salario dela será de R$ 7.800 e ainda poderá nomear até quatro funcionários. Citada pela Folha de S.Paulo, Coroca se comparara a Maria Madalena, personagem bíblica que, mesmo tendo sido prostituta, foi perdoada. "Os humilhados serão exaltados. Maria Madalena foi uma prostituta, e Deus deu oportunidade pra ela. Por que não posso ganhar também? Sou mulher também", disse Francisca.
Como destacou o taxista Santana, um dos idealizadores da candidatura, os eleitores não exigem muita coisa de Coroca. "É só para ajudar na melhoria da vida dela, é uma pessoa necessitada. Não precisa fazer nada, mas a gente espera que ela nos surpreenda", disse Santana também citado pela Folha. Com informações da Sputnik News Brasil.

Polícia obtém vídeo que mostra PM arrastando corpo de embaixador

De acordo com a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), ao ser confrontado com o vídeo, o policial confessou seu envolvimento no crime

© DIVULGAÇÃO
Imagens de uma câmera de segurança mostram o policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho arrastando um volume na noite da morte do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis, de 59 anos.

De acordo com a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), ao ser confrontado com o vídeo, o policial confessou seu envolvimento no crime.
No registro, é possível ver o militar carregando o volume, que supostamente seria o corpo do diplomata, do interior da casa em que ele teria sido morto, em Nova Iguaçu, até um carro.
Segundo informações do Extra, o corpo do embaixador foi encontrado carbonizado, dentro do veículo, na tarde de quarta-feira, próximo ao Arco Metropolitano.

Na residência, os agentes encontraram manchas de sangue em um sofá. Eles acreditam que o diplomata foi morto a facadas no interior da casa. No entanto, apenas o laudo da necrópsia poderá confirmar o tipo de ferimento.
Motivação
De acordo com depoimentos dados à polícia, Françoise Amiridis teria sido agredida por Kyriakos três dias antes do Natal. A mulher teria, então, contado sobre a briga para o policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho, da UPP Fallet, com quem teria um relacionamento extraconjugal. A partir daí, os dois articularam o assassinato do embaixador.
Topo