quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Faremos um pausa até dia 2 de janeiro.

Desejamos a todos nossos leitores um feliz Ano Novo, cheio de paz, esperanças e realizações. Que em 2016 possamos estar juntos compartilhando informações relevantes que ajudem a construir um mundo melhor com menas violência, muita paz, compreensão e harmonia entre povos.
Termino esta mensagem com um vídeo que transmite um pouco desta mensagem.

Vovó testa realidade virtual pela primeira vez e grita de alegria.



Inteligência artificial da Microsoft dá previsão do tempo na TV chinesa

Facebook para celular pode ganhar feeds divididos por assuntos

Novo Google Glass é dobrável e à prova de água; veja.

A FCC (Federal Communications Comission, comissão federal de comunicações dos EUA) publicou ontem documentos referentes à próxima versão do Google Glass, dispositivo vestível do Google voltado para trabalho. Os documentos podem ser vistos aqui

As imagens e especificações mostram que o novo dispositivo terá um processador mais rápido, da Intel, câmeras e baterias melhoradas com relação ao Google Glass anterior, e suporte a redes Wi-Fi 5GHz. Ele também terá uma pequena articulação dobrável, como pode ser visto nas imagens abaixo.



O prisma localizado na ponta do aparelho também é maior que o do modelo anterior, o que deve conferir aos usuários um campo de visão maior. Os documentos também descrevem melhorias em sua durabilidade e dizem que ele será a prova de água.

Curiosamente, o novo Google Glass é bastante diferente do que algumas patentes adquiridas pela empresa nos últimos mesessugeriam. O Google, no entanto, ainda não se pronunciou sobre esse modelo. ELe ainda não tem data de lançamento ou preço definidos.  

Fonte>> Olhar Digital

Cientistas brasileiros tentam desvendar como foi verão na Antártica há 80 milhões de anos.

Pesquisadores brasileiros embarcam neste fim de ano em um desafio e tanto: tentar descobrir como foi o verão há 80 milhões de anos na Antártica. Parece roteiro de filme de aventura, mas é o projeto Paleoantar, que começou em 2007, e tem agora a sua segunda etapa.

Brasileiros fizeram expedição em 2007 para a Antártica para tentar descobrir como era a vida ali há milhões de anos; próxima etapa da pesquisa será agora
O principal objetivo da expedição é resgatar fósseis de dinossauros que viveram no continente e buscar pistas sobre como era a fauna e a flora por lá no período Cretáceo.
Atualmente, a média de temperatura registrada no verão antártico é de até 35°C negativos no interior do continente e 0°C na península, o que torna a região praticamente inabitável.
No entanto, dentre os vários mitos que cercam a Antártica, um dos mais recorrentes é imaginar que o continente sempre foi assim: branco e estéril. Isso está muito longe de ser correto, como atestam especialistas. Na verdade, durante a maior parte de sua existência, a Antártica foi verde e cheia de vida.
Durante boa parte do Cretáceo (144 a 65 milhões de anos atrás), e até há 50 milhões de anos, um clima bem ameno predominou e favoreceu o crescimento de diferentes espécimes de fauna e flora.
A camada de gelo de quase três quilômetros de espessura que recobre o continente esconde um passado muito diferente do deserto branco e gelado de hoje. A Antártica já abrigou uma densa floresta temperada de araucárias onde viviam gigantescas criaturas pré-históricas.
Fósseis de árvores e de animais vêm sendo desenterrados ali, revelando, a cada dia, uma natureza das mais exuberantes.
A Antártica era unida aos demais continentes, na chamada Gondwana, e, por isso, seu clima era temperado. A separação só se configurou há 32 milhões de anos, quando a corrente fria que se dispersava pelo Oceano Pacífico passou a circundar a Antártica, isolando-a.

Padre recebe punição após celebrar missa em hoverboard



Um padre foi condenado por autoridades eclesiásticas nas Filipinas após a divulgação de um vídeo em que aparece celebrando uma missa sobre um hoverboard (skate elétrico).
O religioso, que não teve o nome divulgado, pode ser visto circulando por uma igreja na província de Laguna, em meio a aplausos dos fiéis.
"Isso foi errado", afirmou, em nota, a diocese de São Paulo, responsável pela região de Laguna.
A nota da diocese diz que o padre saudou as pessoas e cantou uma música de Natal enquanto circulava de hoverboard, e que agora está afastado da paróquia para "refletir".
"A Eucaristia demanda o maior respeito e reverência. É a maior forma de devoção da Igreja, e não uma celebração pessoal em que alguém pode caprichosamente introduzir algo para chamar atenção", diz a declaração da diocese.
A autoridade eclesiástica afirma ainda que o padre viu o episódio como um "alerta".
Uma versão do vídeo foi publicada no Facebook pelo grupo católico tradicionalista Novus Ordo. O registro foi amplamente compartilhado, mas motivou reações diversas na rede social.
"Desrespeito total e completo não apenas pelo Senhor mas também pela salvação de todas aquelas pobres almas", afirmou Scott LaLonde. "E além de tudo ele nem conseguia cantar."
Outros usuários demonstraram apoio ao padre e elogiaram seu "espírito brincalhão".
"Isso é divertido", disse Rob Trainor, do Canadá. "Sou católico, mas não um praticante que vai à missa regularmente. Se houvesse mais padres como esse, talvez ficaria interessado em voltar à missa. Se as pessoas continuarem apegadas a tradições, vocês irão perder até os católicos mais fervososos."
As Filipinas são o terceiro país mais católico do mundo, com um número estimado de 80 milhões de fiéis.
Com 81% da população declaradamente católica, a cultura e a sociedade do país se misturam aos ensinamentos da Igreja. Leis do país também muitas vezes são baseadas em valores católicos tradicionais.  

Lemmy Kilmister tinha câncer no cérebro e no pescoço, diz empresário

Doença foi diagnosticada no último sábado (26), dois dias após aniversário.
'O médico disse que ele tinha de 2 a seis meses', conta Todd Singerman


Lemmy Kilmister, vocalista e baixista do Motörhead que morreu nesta segunda-feira (28), tinha sido diagnosticado com câncer terminal no cérebro e no pescoço no último sábado (26), dois dias após seu aniversário de 70 anos. A informação foi divulgada por seu empresário, Todd Singerman, em entrevista ao canal de notícias Sky News. Leia mais>> G1

SEGURANÇA DIGITAL
2015 - o ano dos vazamentos, da criptografia e do fim do legado


Leia mais>> G1
MÚSICA
Spotify sofre processo de US$ 150 milhões por direitos autorais

Ação foi movida por líder das bandas Cracker e Camper Van Beethoven. David Lowery acusa serviço de distribuir canções sem informar titulares. Leia mais>> G1

DISTRITO FEDERAL

Grupo em tratamento no DF ganha bonecos em 

3D com a própria imagem

Presente foi forma de fazer jovens esquecerem dificuldades, diz empresa. Máquinas produziram 
peças para seis pacientes em tratamento intensivo. 
há 16 horas

Leia mais>> G1

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

A lula gigante vai fazer você nunca quer nadar no mar novamente.

A lula gigante foi descoberto na véspera de Natal no do Japão Toyama Bay, a cerca de 344 km (213 milhas) a noroeste de Tóquio.

A baía é conhecido por ser um terreno fértil para hordas de luminosa vaga-lume lula, mas é uma visão rara de ver uma lula gigante nadando tão perto da costa de acordo com proprietário loja de mergulho Akinobu Kimura, falando a CNN.
Kimura nadou perto e filmou o estimado 3,7 metros (12,1 pés) de lula, antes de ajudar guiá-lo de volta para o oceano. É o primeiro avistamento de uma lula gigante nesta temporada, que vai de novembro a março - houve 16 relatos de estas criaturas esquisitas sendo capturados em redes de pesca na temporada passada. 




Fonte>> Mashable

Por que sentimos formigamentos?

Todo mundo já experimentou a sensação de ter os pés e as mãos dormentes. Costumamos chamá-la de “formigamento” porque parece que milhares desses insetos estão percorrendo e mordendo nossa pele sem parar.

Dormência está relacionada a bloqueio nas transmissões nervosas e na circulação sanguínea

A dormência impede que os membros sintam qualquer outra coisa. Não se trata de uma sensação dolorosa, mas sim um tanto incômoda. Mas basta esperar alguns minutos ou até sacudir a parte atingida para se livrar do desconforto.
A sensação em si tem um nome mais pomposo para a Medicina: parestesia. E a variação praticamente inofensiva citada acima é descrita como “parestesia temporária”.

Mas o que está acontecendo no corpo?

Estrada bloqueada

Para entendermos o formigamento, é preciso lembrar que o corpo é formado por inúmeros nervos, que são como estradas biológicas cujo papel é transmitir informações entre o cérebro e o resto do organismo.
Quando você exerce demasiada pressão sobre uma das pernas ou um dos braços, algo fácil de ocorrer por causa da extensão desses membros, você acaba pinçando temporariamente os nervos que correm por ali. Ao mesmo tempo, também são comprimidos os vasos sanguíneos que suprem esses nervos.
Isso faz com que o cérebro deixe de receber as informações que espera virem desses agrupamentos de nervos, enquanto os próprios nervos param de receber o sangue oxigenado que vem do coração. Por isso, quando a pressão é aliviada e o sangue volta a circular nos membros, os nervos começam a disparar informações para o cérebro e a processar as que o cérebro envia.

Traumas mais intensos

Mas nem todo formigamento é temporário. A parestesia crônica pode ocorrer como parte de vários distúrbios neurológicos ou após algum trauma no nervo, como uma queimadura.
Pesquisadores da Universidade McGill e do Hospital Hotel-Dieu, em Montreal, no Canadá, trabalharam com 104 pacientes de queimaduras para entender a dor que perdurava após os acidentes. Muitos continuavam a sentir dor até mesmo um ano depois de sofrer as queimaduras.
Isso ocorre porque esse tipo de dano geralmente destroi nervos e seus receptores, e o tratamento para essas queimaduras envolvem enxertos de pele, que também danificam ou arranham as células nervosas.
Um estudo de 2010 feito pela Universidade de Toronto, no Canadá, reuniu dados de mais de 11 mil “efeitos secundários” relatados durante uma década após o uso de um tipo de anestesia local em consultórios de dentistas.
Entre os que sofreram algum tipo de parestesia, 89% tiveram a língua afetada. O restante sentiu o formigamento nos lábios. Em caso extremo, a parestesia durou 736 dias após o tratamento dentário.
Por isso, ao sentir o incômodo de uma dormência no braço ou na perna por alguns minutos, lembre-se que poderia ser pior.

Snapchaht será um app para "ficar de olho" em 2016.

Noah Mallin, executivo da agência MEC Global, declarou que o Snapchat será um aplicativo para “ficar de olho” no próximo ano e elogiou o aplicativo por oferecer recursos interessantes aos anunciantes.
(Foto: Reprodução)
Mallin lembrou que o Snapchat mudou a forma de oferecer publicidade aos anunciantes ao longo do ano de 2015. Segundo o executivo, o app finalmente se solidificou no que está oferecendo aos anunciantes e proporcionou um atividade em vídeo que é emocionante. 

O serviço do Snapchat poderia até ameaçar o Twitter, de acordo com Mallin, uma vez que a rede social focada em mensagens curtas não possui uma aposta para o formato em vídeo tal como grandes outras empresas de mídia como YouTube e Facebook.

O Snapchat começou a vender anúncios em outubro de 2014 e apresentou dificuldades no período, pois não conseguia reunir dados e estudos de caso sobre a demanda dos usuários no app. Mas aos poucos o app foi se adaptando para oferecer dados de medição. Algumas agências de publicidade já informaram também que a o Snapchat torna suas abordagens mais proativas.
É possível hoje segmentar um anúncio no Snapchat, permitindo escolher faixas etárias, localização e contextos específicos do público. Juntamente com isso, o app lançou filtros patrocinados com animações e recursos para selfies.
Por JEFERSON GONCALVES
Via BI.

Redes sociais ajudam a encontrar responsáveis por pirataria.

Algumas agências especias estão realizando investigações para encontrar envolvidos com pirataria a partir de redes sociais.
O TorrentFreak investigou recentes condenações de três envolvidos no crime no Reino Unido para entender como eles foram descobertos. Para a surpresa, os suspeitos foram descobertos a partir de envolvimentos com redes sociais.
(Foto: Reprodução)
Por exemplo, um dos suspeitos que postou uma série de torrents usava vários nomes de usuário como ‘memory100’, ‘hail_alpha’ e ‘sohail20’. Com esses nomes, o órgão responsável pela proteção dos direitos autoriais do Reino Unido percebeu uma combinação entre sobrenome e nascimento e, logo, conseguiram encontrar o verdadeiro envolvido no Facebook e alertar a polícia.
O Facebook também auxiliou na busca de um outro suspeito, que usou a mesma conta de e-mail anônimo que usava em seus compartilhamentos piratas. O objetivo do órgão do Reino Unido, chamado de FACT, é fazer com que os usuários pensem duas vezes antes de compartilhar conteúdo protegido por leis de monopólio de direitos autorais.


Via Engadget

Veja quais são os países com mais hotspots WiFi por habitante.

A empresa de WiFi comercial iPass pesquisou, em diversos países, a quantidade de hotspots WiFi comerciais por mil habitantes. O país com maior número de hotspots por pessoa foi a França, com cerca de 200 pontos de acesso para cada mil habitantes, ou um para cada cinco.
(Foto: reprodução)
Atrás da França, aparecem Bélgica (com cerca de 180 hotspots por mil habitantes) e, em terceiro lugar, Holanda (cerca de 120 por mil). O Brasil ainda aparece em nona posição, com aproximadamente 10 pontos de acesso comerciais por mil habitantes - ou para cada cem. O gráfico montado pela Goldman Sachs pode ser visto abaixo:



Reprodução

Vale lembrar que o gráfico pondera duas variáveis bastante diferentes: número de pontos comerciais de acesso a redes sem fio e população. Sob essa perspectiva, faz sentido que Bélgica e Holanda estejam tão bem colocados, já que são países com população pequena. Isso também ajudaria a explicar a posição relativamente baixa da China e a ausência da Índia, países com populações enormes.

Fonte>> Olhar Digital

Você já pode comprar um 'skate' voador se tiver R$ 77 mil sobrando.

O skate voador de “De Volta Para o Futuro 2” foi um dos temas do ano, já que, na ficção, 2015 foi o ano em que o protagonista Marty McFly chegou ao futuro. Várias empresas apresentaram seus próprios hoverboards, normalmente apenas como uma jogada de marketing. Mas uma empresa decidiu ir além e começou a vender o que parece ser o skate voador mais funcional até o momento, no sentido de não depender de um piso específico para operar.
(Foto: reprodução)
A empresa americana Arca Space Corporation, fundada no estado do Novo México, criou o ArcaBoard. Em vez de recorrer ao magnetismo ou supercondutividade como outros projetos, a prancha recorre aos bons e velhos ventiladores. São 36 ventiladores de alta potência soprando para baixo com o objetivo de manter a sustentação.
O dispositivo também conta com equipamento de estabilização, para que o usuário não caia no chão enquanto a prancha flutua.
Como outros aparelhos do tipo, a duração da bateria continua sendo um problema, o que se traduz em baixa autonomia de voo. Pessoas que pesam até 80 quilos podem usar o modo de longa duração para flutuar por até seis minutos. Já quem pesa até 110 quilos precisa usar o modo de impulso reforçado, no qual a bateria dura apenas 3 minutos.
O brinquedinho, que ainda pode ser considerado uma tecnologia experimental, pode ser adquirido por “apenas” US$ 20 mil. Os compradores também pode comprar a unidade de recarga, vendida à parte por US$ 4,5 mil, que recarrega a bateria do ArcaBoard em 35 minutos.



RENATO SANTINO
Fonte>> Olhar Digital

'Tiririca presidente'? Veja como a internet enganou você em 2015.

Milhares de notícias e imagens foram compartilhadas à exaustão na internet em 2015. Só que muitas viralizaram pelos motivos errados.
Artimanhas como montagens para enganar o público, uso de fotos reais, mas antigas, em desastres recentes e boatos surrealistas sobre política estão entre os principais "fakes" do ano no Brasil e por todo o mundo.
Por aqui, o deputado federal e humorista Tiririca (PR-SP) foi citado como eventual sucessor de Dilma Rousseff, com direito a carta atribuída a ele, em que diria que assumiria o cargo em caso de impeachment, mas "com tristeza".
Lá fora, uma fotomontagem das ruas de Paris vazias foi relacionada aos ataques na capital francesa.
A BBC preparou uma lista com algumas destas "pegadinhas". Você foi enganado por alguma delas?

A foto emocionante compartilhada durante o terremoto no Nepal

Foto de irmãos foi compartilhada durante terremoto no Nepal, mas retrata crianças no Vietnã em 2007
Esta foi uma das fotos mais compartilhadas nos dias que se seguiram ao terremoto devastador que atingiu o Nepal em abril. A imagem não é falsa, mas enganou muita gente.
Ela foi descrita à época como "menina de dois anos de idade sendo protegida por irmão de quatro anos no Nepal" e foi postada milhões de vezes no Facebook e no Twitter, despertando apelos por doações.
Mas essa foto foi tirada, na realidade, em uma vila remota no Vietnã ainda em 2007.
"Essa é provavelmente minha foto mais compartilhada", disse o fotógrafo autor do clique, Na Son Nguyen. "Mas infelizmente, foi no contexto errado".

'Chip da Dilma'



O suposto chip que o governo Dilma implantaria em todos os brasileiros ocupou o topo da lista de assuntos mais buscados por brasileiros na internet durante semanas.
Segundo o boato, o implante subcutâneo seria um plano para monitorar mentes e vigiar cidadãos.
O enredo, entretanto, não é novo. Notícias falsas sobre a "chipagem" de europeus e norte-americanos circulam pela web, de acordo com o site E-farsas, desde pelo menos 2008.
A história teria surgido após um discurso da presidente sobre um novo documento, que possui chip interno, anunciado como substituto do RG nos próximos anos.

O imigrante que registrou sua jornada para a Europa no Instagram




Imagens incríveis que pareciam mostrar um homem documentando sua jornada partindo do Senegal para a Espanha surgiram no Instagram durante o verão europeu.
As "selfies" fizeram sucesso na internet, e o perfil dele no Instagram acumulou milhares de seguidores. Além disso, muitas pessoas faziam comentários de incentivos nas fotos.
No entanto, houve alguma desconfiança por causa do uso que ele fazia de hashtags como #InstaLovers e #RichKidsofInstagram. No fim, descobriu-se que, na realidade, tratava-se de uma campanha de marketing feita na rede social para um festival de fotografia no norte da Espanha.

Tiririca Presidente


Ag. Brasil
"Digo aos brasileiros, e em especial aos meus eleitores, que se por acaso acontecer o impedimento eu não fugirei a esta responsabilidade que a situação política pode trazer. Assumirei com tristeza este cargo que nunca imaginei que um dia viesse ocupar."
As palavras estão numa carta atribuída ao deputado Tiririca, depois negada por seus assessores. O boato de que Tiririca estivesse na linha de sucessão de Dilma Rousseff em caso de impedimento foi tamanho que notas desmentindo o fato foram publicadas em jornais importantes do país.
Na realidade, o primeiro na fila de sucessão de Dilma é o vice-presidente Michel Temer, depois Eduardo Cunha, presidente da Câmara, em seguida Renan Calheiros, presidente do Senado e, em quarto, Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal.

Um refugiado posando como militante do "EI"?


No auge da crise de imigrantes, uma sequência alarmante de fotos "antes e depois" relacionando membros do grupo que se autodenomina "Estado Islâmico" a refugiados começou a se espalhar pelo Facebook.
"Lembram desse cara? Posando para fotos do ‘EI’ no ano passado – agora ele é um refugiado", escreveu uma pessoa.
O homem na foto foi posteriormente identificado como Laith al-Saleh, um antigo comandante do "Exército Livre da Síria", um grupo de rebeldes moderados que fazem oposição ao presidente sírio Bashar al-Assad. Ele fugiu da Síria e chegou à Macedônia em agosto deste ano.
Depois de saber a verdade, a pessoa que começou a compartilhar a foto pediu desculpas.

Privilégios para deficientes



"Redução em 50% das vagas exclusivas pra deficientes. Fim das cotas para deficientes em empresas. Redução em 50% de filas e assentos exclusivos para deficientes. Fim da isenção de impostos na compra de carro zero. Fim das cotas em concurso público. Fim da gratuidade para deficientes."
Eram estes os motes de um outdoor colocado em uma rua de Curitiba (PR) pedindo o "Fim dos privilégios aos deficientes".
A imagem gerou comentários de reprovação da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do Paraná e na Câmara de Vereadores da capital.
Pouco depois, no entanto, foi revelado que o anúncio era uma ação de marketing do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Curitiba.
Em sua página no Facebook, o conselho explicou a iniciativa: "Nós sabemos que vocês ficaram chocados com as reivindicações feitas pelo movimento. E esse choque, é o nosso alívio. O desrespeito que aconteceu na internet durou só um dia, mas as pessoas com deficiência enfrentam essa afronta todos os dias."

Uma foto da banda Eagles of Death Metal em um show



Assim que surgiram as primeiras notícias dos ataques coordenados em Paris em novembro, várias imagens enganosas surgiram gerando rumores e confundindo ainda mais quem estava em busca de informações.

Um caso particularmente sério foi essa imagem, divulgada de maneira completamente errada nas redes sociais, como se fosse uma foto do público na casa de shows Bataclan – alvo do ataque mais mortal naquele dia em Paris – pouco tempo antes dos extremistas abrirem fogo contra os que estavam ali.
Mas a foto é de um show mais antigo, em Dublin, e havia sido postado na página da banda no Facebook um dia antes dos ataques.

As ruas vazias de Paris


Foto teve milhares de compartilhamentos no Twitter - pessoas achavam que era imagem de Paris um dia após os atentados
Essa imagem foi amplamente retuitada e mostra as ruas vazias de Paris supostamente depois dos ataques na capital francesa.
Mas a imagem, na realidade, veio de um projeto chamado "Silent World" (Mundo Silencioso, na tradução livre), que usa truques de fotografia para simular como seriam as cidades no fim do mundo.

E finalmente…um marido em uma atitude extrema de vingança


Marido teria serrado pela metade todos os seus bens após divórcio e colocado tudo à venda no eBay

A história de um homem alemão divorciado que teria serrado tudo o que possuía pela metade para vender enganou muita gente – inclusive até parte da mídia – em junho. O leilão disponível no site eBay era real, mas a história não.
Depois que o vídeo se tornou viral, com quase 4,5 milhões de visualizações no YouTube, a Associação de Advogados Alemães admitiu que eles próprios haviam inventado a história, como parte de uma campanha de marketing.
"Às vezes você precisa fazer as coisas pela metade", eles sugeriram.

Topo