quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Estudantes acampados em protesto na Universidade de Barcelona

Os estudantes publicaram um manifesto em que anunciam que o acampamento continuará por tempo indefinido, até que os cinco pontos que reivindicam sejam cumpridos

@DR
Dezenas de estudantes acamparam hoje na praça da Universidade de Barcelona e bloquearam o tráfego no centro da cidade, na Gran Via, permanecendo reunidos em assembleia desde o início da tarde para decidir futuras ações de protesto.

Os estudantes montaram várias tendas na praça esta manhã, em frente ao prédio histórico da Universidade de Barcelona, e um grupo de cerca de 60 bloqueou o tráfego da Gran Via durante mais de seis horas, obrigando a polícia a fazer desvios rodoviários para outras ruas.
Os manifestantes dividiram-se em comissões "para fazer durar o máximo possível" o protesto e começaram a organizar concertos que serão realizados esta noite, conforme relatado pela organização, que se autodenomina "geração 14-O".
Os estudantes publicaram um manifesto em que anunciam que o acampamento continuará por tempo indefinido, até que os cinco pontos que reivindicam sejam cumpridos.
Entre as reivindicações está o fim da "repressão contra uma geração que tomou as ruas em defesa dos seus direitos e liberdades" e que se apurem as responsabilidades das polícias, tanto da Polícia Nacional como dos Mosso d'Esquadra (Polícia da Catalunha).
Os estudantes exigem ainda que o presidente do governo interino, Pedro Sánchez, aceite negociar "um referendo de autodeterminação que dê voz à cidadania" e a garantia de "anistia total para todos os presos políticos" . 
No manifesto pedem ainda a recuperação dos "direitos civis e políticos violados e colocados em causa pelo Supremo" e exigem que "um futuro decente seja garantido" para a sua geração.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo