terça-feira, 6 de outubro de 2020

Apoio a Biden sobe e atinge 57% dos eleitores dos EUA, aponta pesquisa da CNN

 

No estudo anterior da CNN, feito de 28 de agosto a 1º de setembro, o democrata tinha 51%.

© null

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma pesquisa eleitoral realizada a pedido da rede de notícias CNN, produzida entre os dias 1º e 4 de outubro, apontou aumento no apoio a Joe Biden: ele passou a ter 57% das intenções de voto na corrida presidencial americana, contra 41% de Donald Trump.

No estudo anterior da CNN, feito de 28 de agosto a 1º de setembro, o democrata tinha 51%, e o republicano, 43%.

O avanço do ex-vice-presidente ocorreu principalmente devido aos indecisos, entre os quais Trump registrou pequena queda de apoio.

O levantamento, que ouviu 1.205 pessoas, por telefone, e foi feito pelo instituto SSRS, ocorreu depois do primeiro debate na TV, realizado no dia 29 de setembro, e em meio à internação de Trump por conta de sua contaminação pelo coronavírus. A margem de erro é de 3,5%.

O site FiveThirtyEight, que analisa dados de várias pesquisas eleitorais, avalia que Biden tem 82 chances em 100 de ser eleito presidente em novembro. Trata-se do maior índice registrado pelo democrata desde o começo da disputa presidencial.

MICHIGAN E FLÓRIDA

Novas pesquisas de intenção de voto em estados importantes para definir a eleição presidencial dos EUA mostram Joe Biden à frente em Michigan e empatado com Donald Trump na Flórida.

Em Michigan, Biden está nove pontos percentuais à frente de Trump, segundo levantamento do Detroit News/WDIC. O democrata tem 48% de preferência, contra 39% do republicano.

O estudo ouviu 600 eleitores entre 30 de setembro e 3 de outubro, com margem de erro de quatro pontos percentuais.

Na Flórida, ambos os candidatos têm 45% de intenções de voto. No estado, 55% dizem que o país melhorou durante o governo Trump, e 54% avaliam que s EUA estão no caminho errado.

Realizada pelo jornal USA Today e pela Suffolk University, a pesquisa entrevistou 500 pessoas entre 1º e 4 de outubro, com margem de erro de 4,4 pontos percentuais.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo