quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Parou o coração de criança a quem hospital negou ventilador

Hospital alegou que a criança estava em morte cerebral, mas pais acreditavam que não

© Facebook

O pequeno Nick Torres estava internado desde setembro, depois de ter sido encontrado inconsciente dentro de uma banheira.

A criança estava internada no Hospital Pediátrico do Texas e os pais protagonizaram uma guerra judicial contra a instituição hospitalar, por esta se negar a ceder um ventilador à criança, que se encontrava em morte cerebral.

Os médicos alegavam a "cessação completa de toda a atividade cerebral espontânea" e que a criança estava morta com base na lei do Texas. Já os pais acreditavam que o fato de o coração estar batendo sozinho era sinal de que alguma parte do cérebro do filho ainda estaria funcionando.

O hospital decidiu dar alta à criança que pode assim regressar a casa na companhia dos pais. Nick, de 10 meses, foi transportado para casa esta terça-feira e o seu coração acabou parando de bater horas depois de ter saído do hospital.

Segundo o advogado da família,

os pais puderam despedir-se do filho, rezando à sua volta, à medida que o coração foi perdendo a força.

A família diz que não vai tecer qualquer comentário sobre o assunto.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo