sábado, 24 de outubro de 2020

PF combate fraudes em sistema de controle e exploração de madeira

Batizada de Nó na Madeira, a operação cumpre quatro mandados de busca e apreensão

© Pixabay


A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta sexta-feira (23), o Amapá, uma operação para combater fraudes no sistema federal de controle e exploração de madeira no estado.


Batizada de Nó na Madeira, a operação cumpre quatro mandados de busca e apreensão na capital, Macapá, e nos municípios de Ferreira Gomes e Serra do Navio.

Segundo a investigação, iniciada após recebimento de denúncias, um grupo formado por empresários do ramo madeireiro no Amapá usa um esquema criminoso para fraudar o Sistema de Emissão de Documento de Origem Florestal (Sisdof), que tem o objetivo de monitorar e controlar a exploração e comercialização dos recursos naturais.

"Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, receptação qualificada e receber ou adquirir, para fins comerciais ou industriais, madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente", informou a PF.

Se forem condenados, os investigados poderão cumprir penas de até 17 anos de reclusão.

Com informações da Agência Brasil

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo