terça-feira, 13 de outubro de 2020

Sargento da PM morre no Rio em ataque a viatura da corporação

Cirio Damasceno Santos ingressou na corporação em 2000 e trabalhava no 14º Batalhão da Polícia Militar


© Divulgação


O sargento da Polícia Militar (PM) Cirio Damasceno Santos, 51 anos, morreu nesta segunda-feira (12) com um tiro na cabeça quando a viatura em que estava foi atacada por criminosos na Avenida Brasil, altura de Deodoro, zona oeste do Rio de Janeiro. 


O policial ingressou na corporação em 2000 e trabalhava no 14º Batalhão da Polícia Militar. Também foi atingido Ismael Nascimento, que passava na hora do tiroteio. Ele foi levado para o mesmo hospital em estado grave.

A Avenida Brasil é a principal ligação da região central da cidade com as zonas norte e oeste, cortando diversas comunidades, em seus 58 quilômetros de extensão. O militar chegou a ser levado às pressas para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu ao ferimento.

Segundo a polícia, os criminosos são da comunidade do Muquiço, em Deodoro, onde o carro utilizado na ação foi apreendido. De acordo com a corporação, dois suspeitos foram presos, entre eles um adolescente de 14 anos que foi baleado e que estava com uma pistola e um radiotransmissor.

Em nota, a PM detalhou que no início da manhã, policiais do 14º batalhão da PM  (Bangu) iniciaram cerco a veículo que trafegava na pista sentido centro da Avenida Brasil. A equipe policial tentou interceptar o carro e seus ocupantes atiraram contra os policiais, que reagiram. Na ação, a viatura também capotou na via expressa. Os criminosos conseguiram fugir para a comunidade do Muquiço.

Com informações da Agência Brasil

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo