sábado, 19 de dezembro de 2020

Homem resgatado após 10 horas preso no carro coberto de neve

 

O condutor derrapou e saiu da estrada durante uma tempestade de neve nos Estados Unidos. Um limpa-neves de passagem cobriu o veículo com um manto branco.

© New York State Police/Facebook

Um homem passou 10 horas preso no seu carro após ter derrapado e o carro ter ficado coberto por um monte de neve, adianta a Associated Press. Kevin Kresen, de 58 anos de idade, foi resgatado pela polícia estatal de Nova York quando já se encontrava num estado de saúde bastante debilitado.

Kresen derrapou e saiu da estrada nas primeiras horas desta quinta-feira na cidade de Owego. Pouco depois, um caminhão limpa-neves que estava de passagem cobriu o carro de neve, algo que foi se agravando gradualmente face à tempestade de neve que assolou aquela região norte-americana.

O homem acabou ficando preso no interior do veículo que acabou debaixo de um monte de neve. Kresen tentou ligar para o 911, o telefone de emergência, mas teve problemas com a rede do celular e não conseguiu concretizar a ligação.

Posteriormente, conseguiu entrar em contato com as autoridades, no entanto, como a chamada teve muitas interferências não ficou totalmente clara qual era a sua localização. As autoridades conseguiram localizar a chamada numa área de quase cinco quilômetros junto ao rio Susquehanna.

O sargento Jason Cawley, da polícia estatal de Nova York, procurou o carro nesse perímetro e suspeitou de um banco de neve em frente a uma casa. Ao enfiar a mão no banco de neve bateu no vidro do carro de Kevin Kresen.

Quando foi encontrado, o homem sofria de hipotermia e tinha queimaduras provocadas pelo frio extremo a que foi exposto. Foi transportado de ambulância para o hospital e não corre risco de morte.

“Se ele tivesse ficado dentro do carro mais uma hora a sua temperatura corporal teria descido mais, e acredito que ele não teria sobrevivido”, afirmou Cawley, que frisou que este foi o seu “primeiro resgate Ártico”.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo