domingo, 29 de setembro de 2019

Casal celebra nascimento de quadrigêmeos: 'Quadrijapas'

Os bebês nasceram na sexta (27) em São Paulo. Como são prematuros, eles devem ficar internados na UTI neonatal até ganharem peso

© Foto: Arquivo pessoal/ Arte-G1
Os bebês nasceram na sexta (27) em um hospital em São Paulo. Como são prematuros, eles devem ficar internados na UTI neonatal até ganharem peso. Casal planeja morar em São José após a alta da maternidade.


O casal que se preparava para a chegada de quadrigêmeos, carinhosamente apelidados de 'quadrijapas', celebrou na sexta-feira (27) o nascimento dos quatro filhos. Lena, Calebe, Nicolás e Elias nasceram no Hospital Maternidade Santa Joana, em São Paulo. Como são prematuros, eles devem ficar internados na UTI neonatal até ganharem peso. O casal Lilian Nishimura e Renato Yoshio planeja morar em São José após a alta da maternidade.

O parto cesárea durou cerca de 30 minutos. O primeiro a nascer foi Calebe, às 13h23. Em seguida vieram Elias, às 13h25, depois a Lena, às 13h26, e por último Nicolas, às 13h27. Eles estão com 31 semanas de vida e nasceram pesando entre 1 e 1,4 quilo.
A emoção de ver os filhos pela primeira vez foi marcante para Renato. "Como pai é diferente, porque você não está carregando os filhos, então vê-los e também saber que estavam visivelmente bem saudáveis foi muito emocionante", disse Renato.
"O parto não teve complicações, a paciente está bem e agora são os bebês que exigem cuidados especiais de prematuros. O tratamento é feito na UTI neonatal, até eles adquirirem peso e condições para evoluírem", explicou o obstetra Eddy Nishimura, que participou do parto.
Segundo o médico, o ideal é que eles atinjam 1,8 quilo para poderem sair da UTI e irem para o berçário. Não há previsão de alta.
Lilian Nishimura, mãe dos quadrigêmeos, deve ficar em observação no hospital por alguns dias, e depois o casal continuará em São Paulo para acompanhar a evolução dos bebês, até que eles possam ir para casa. "Vamos visitá-los diariamente", disse Renato.Com informações G1 
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo