quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Máscaras cirúrgicas e FFP2: Por que são obrigatórias em certos países?

Vários países da Europa já obrigam ao uso das FFP1 ou FFP2.

© REUTERS/Gleb Garanich

Nos últimos dias, países como a Alemanha, a França e a Áustria vetaram a utilização de máscaras comunitárias em locais públicos. Obrigam ao uso das FFP1 (cirúrgicas) - que têm uma capacidade de bloqueio igual ou superior a 95% - ou FFP2 (90% a 95% de bloqueio das partículas) - utilizadas em ambiente de maior exposição aos agentes patogênicos, nomeadamente em ambiente hospitalar.


A decisão deve-se à ineficácia das máscarascomunitárias (também chamadas de sociais ou caseiras) face às novas mutações do vírus SARS-CoV-2.

Neste contexto, se recomenda uso obrigatório de máscaras cirúrgicas devido à impassibilidadede assegurar aqualidade dealgumas máscaras caseiras,geralmente feitas em vários tipos de tecido (lavadas e reutilizadas múltiplas vezes).

Já nos contextos de maior risco, "nomeadamente os cuidadores de doentes ou famílias com elementos infectados por Covid-19, ou situações associadas a maior aerossolização e disseminação de gotículas respiratórias, deverá ser equacionado o uso de máscaras FFP-2", dizem os especialistas.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo