terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Defesa de Lula diz estar preocupada com uso de mensagens da Lava Jato por advogados

 

Por ora, o objetivo é reforçar a tese de suspeição do ex-juiz Sergio Moro no caso em análise pelo STF, que pode anular a condenação do petista no caso do tríplex do Guarujá

© Reuters

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reagiu à notícia de que advogados ligados ao grupo Prerrogativas estão categorizando os diálogos vazados entre integrantes da Lava Jato, como mostrou o jornal Folha de S.Paulo nesta segunda (15).


Advogados do petista dizem ver com preocupação a informação de que defensores estão analisando as mensagens a que Lula teve acesso para depois cobrar punições aos envolvidos.

Nesta segunda (15), Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula, disse que apenas a defesa do petista teve acesso ao material e que caberá a ela analisar as mensagens e definir a estratégia que será posta em prática daí em diante.

Por ora, o objetivo é reforçar a tese de suspeição do ex-juiz Sergio Moro no caso em análise pelo STF, que pode anular a condenação do petista no caso do tríplex do Guarujá.

"O material está sendo exclusivamente analisado pelo advogado do presidente e um perito e não foi compartilhado com ninguém", reforçou Zanin.

Esta não é a primeira vez que os defensores de Lula reagem à exploração dos diálogos por outras pessoas.

Como mostrou a Folha de S.Paulo na semana passada, em peça enviada ao ministro Ricardo Lewandowski (STF), os advogados do ex-presidente reclamaram da tentativa de "terceiros" de obter as mensagens da Operação Spoofing, com diálogos entre membros da Lava Jato.

"A proliferação de pedidos desta ordem vem tumultuando a marcha processual", afirmam os advogados do escritório de Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins.​ Algumas destas requisições foram feitas por lideranças petistas.

No total, a defesa de Lula teve acesso a 740 gigabytes de mensagens, o que, segundo integrantes do Judiciário, daria cerca de 10% do total de conversas que foram hackeadas.

Os diálogos foram obtidos na operação Spoofing, da PF, que investiga seis pessoas que teriam invadido os celulares de procuradores.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo