quinta-feira, 22 de abril de 2021

Estudo investiga prevalência de sintomas em crianças com imunodeficiência

Segundo o novo estudo, crianças com o sistema imunológico enfraquecido não têm um maior risco de infecção grave de Covid-19

© Shutterstock


De acordo com um novo estudo, realizado por pesquisadores de Southampton, nos Estados Unidos, e publicado no BMJ Open, crianças com o sistema imunológico enfraquecido não apresentam um risco maior de desenvolver infecção por Covid-19 grave, apesar de terem sintomas comuns.

 Durante um período de 16 semanas, os cientistas realizaram um estudo observacional com cerca de 1.500 crianças com  imunodeficiência.

Os resultados mostraram que os sintomas da infecção eram comuns em muitas das crianças - com mais de dois terços dos participantes a relatar pelo menos um sintoma e um terço três ou mais sintomas simultaneamente. 

"Embora não possamos ter certeza da prevalência de Covid-19 entre as crianças que participaram, porque o teste só foi feito quando os pacientes foram admitidos e essas crianças foram instruídas a aderir a medidas de proteção rígidas, podemos presumir que quaisquer infecções teriam sido casos leves, uma vez que nenhum desses pacientes de alto risco precisou de internamento hospitalar", explicou o líder da pesquisa, Hans de Graaf, da Universidade de Southampton.

Este estudo foi o primeiro a observar o impacto da pandemia em crianças com sistema imunológico comprometido.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo