quinta-feira, 27 de maio de 2021

Homem é acusado criminalmente após ameaças de morte a Biden e outros

John Benjamin Thornton é acusado de utilizar comunicações de comércio interestadual para fazer ameaças

© Doña Ana County Jail

Um homem do estado norte-americano do Novo México enfrenta acusações criminais por ter ameaçado matar o presidente norte-americano Joe Biden e outras pessoas através de mensagens escritas que enviou a pessoas de outros dois estados.


John Benjamin Thornton é acusado de usar as comunicações de comércio interestadual para enviar ameaças à integridade física de alguém. As mensagens incluem declarações onde assumia "a liderança de um exército revolucionário chamado 3%", numa referência ao grupo antigovernamental Three Percenters, informou a CNN.

Segundo a queixa criminal, John apelidava-se de "general de guerra revolucionário" e teria escrito: "Cinco estrelas depois de executar Joe Biden por traição".

Noutras mensagens referia ainda que iria "executar a tiro cada um" dos funcionários de uma empresa de informática canadense, que acusava de estar a "acessar às ondas cerebrais de todos os consumidores de metanfetaminas do mundo". Acrescentou ainda que também a ex-mulher era "uma traidora" e que "provavelmente seria executada" pelo seu "novo governo".

Os investigadores do FBI não identificam nos documentos a que o meio de comunicação teve acesso quem era o receptor das mensagens e se teriam algum tipo de relação com John. Mas confirmaram que tinham sido enviadas de um telefone que lhe pertenciam e incluíam uma fotografia sua.

O homem está detido sem fiança, de acordo com os registos da cadeia do Condado de Doña Ana, e deverá comparecer remotamente a uma audiência no tribunal federal na sexta-feira de manhã.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo