sábado, 31 de julho de 2021

40 mil denúncias de violência doméstica são feitas até junho no Brasil

 

São casos de desrespeito contra a liberdade, a segurança, o patrimônio e a integridade das vítimas

© Reprodução/ genjuridico.jusbrasil.com.br

Mais de 40 mil denúncias de casos de violência doméstica, familiar e outros tipos de violência contra a mulher foram registradas pelos canais de atendimento da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos só no primeiro semestre deste ano.

São casos de desrespeito contra a liberdade, a segurança, o patrimônio e a integridade das vítimas. Muitos deles envolvendo ciúme, chantagem, manipulação, invasão de privacidade e outros sinais presentes em relacionamentos abusivos.

O doutor em psicologia Fabrício Guimarães explica que os relacionamentos abusivos, que tendem a começar com a violência psicológica ou emocional, são a base para desencadear a violência doméstica.

O psicólogo ressalta que um relacionamento abusivo não é agressivo o tempo todo, e que é possível identificar três ciclos de violência, que englobam o aumento de tensão, o ato de violência e a lua de mel, que é quando o agressor demonstra arrependimento.

Nos últimos meses, histórias de relacionamentos abusivos envolvendo famosos têm tido grande repercussão por serem denunciadas nas redes sociais. Na última terça-feira (27), o DJ Ivis, flagrado em vídeo agredindo a ex-mulher Pamella Holanda, foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria. O artista segue preso há mais de 15 dias e está à disposição da Justiça.

Vale lembrar que a Central de Atendimento à Mulher é o Ligue 180, responsável por registrar e encaminhar denúncias de violência aos órgãos competentes.

*Com informações da Agência Brasil

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo