terça-feira, 31 de agosto de 2021

Estudo confirma ineficácia da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19

 

A pesquisa que consistiu na revisão sistemática de múltiplos estudos realizados anteriormente, realizado por investigadores brasileiros, descarta os benefícios clínicos do uso de hidroxicloroquina no tratamento ou prevenção do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19

© Shutterstock

Um estudo, citado pela CNN Brasil, coordenado pelo professor doutor Paulo Ricardo Martins Filho, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), apontou que a hidroxicloroquina é ineficaz no tratamento ou prevenção do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19.

Segundo o artigo científico, divulgado no The Lancet, foram analisados 2.871 estudos ligados à utilização de hidroxicloroquina, publicados entre janeiro de 2020 e maio de 2021. Pesquisas essas que foram sujeitas a uma meta-análise (método que combina os resultados de vários estudos com o intuito de formular uma conclusão sólida) de 14 ensaios clínicos. 

"A nossa meta-análise sintetiza a melhor evidência disponível sobre a eficácia e segurança da hidroxicloroquina na prevenção e tratamento de pacientes com Covid-19", contou Martins à CNN. 

"Os resultados desse estudo mostram que a hidroxicloroquina não é eficaz como profilaxia pré-exposição ou pós-exposição ao SARS-CoV-2, assim como não é eficaz no tratamento de indivíduos com Covid-19, seja entre aqueles com as formas mais leves da doença, seja entre aqueles hospitalizados com as formas mais severas da infeção", explicou o investigador.

Adicionalmente, Martins mencionou que a pesquisa registou um aumento no risco de incidência de quadros adversos, como por exemplo problemas gastrointestinais.

Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo