domingo, 19 de janeiro de 2020

Manifestantes detidos em protesto no Líbano vão ser libertados

Cerca de trinta pessoas que tinham sido detidas, no sábado à noite, em protestos em Beirute, serão libertadas por ordem judicial, foi hoje anunciado

© DR
As detenções ocorreram durante confrontos entre manifestantes e forças de segurança em Beirute, nos quais quase 400 pessoas ficaram feridas, no dia mais violento desde o início dos protestos.


Os confrontos ocorreram na área próxima do Parlamento e da Praça dos Mártires, epicentro do protesto em Beirute, de acordo com informações da Cruz Vermelha libanesa e da proteção civil compilada pela agência de notícias France-Presse.
De acordo com o Ministério Público, as 34 pessoas que foram detidas nas manifestações serão libertadas.
Estes foram os confrontos mais violentos desde o início da contestação, em 17 de outubro de 2019, num país em plena crise política e econômica.
O movimento de contestação, que levou à demissão no final de outubro do primeiro-ministro, Rafic Hariri, tem como alvo uma classe política acusada de corrupção e incompetência e reclama um Governo formado por tecnocratas e personalidades independentes.
Na terça e na quarta-feira, a capital libanesa já tinha sido cenário de violência, durante a noite, com atos de vandalismo contra vários bancos e confrontos entre a polícia e manifestantes.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo