sábado, 5 de setembro de 2020

Trem da Serra da Mantiqueira volta aos trilhos em Minas Gerais após 5 meses

A circulação do trem, que faz um percurso total de 20 quilômetros no interior mineiro, estava suspensa desde março

© null
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de cinco meses parado devido à pandemia do novo coronavírus, o Trem da Serra da Mantiqueira voltará aos trilhos a partir deste sábado (5) em Minas Gerais.


A circulação do trem, que faz um percurso total de 20 quilômetros no interior mineiro, estava suspensa desde março, assim como os outros trens turísticos operados pela ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária) e pela iniciativa privada.
A operação é feita pela regional Sul de Minas da associação, que engloba ainda o Trem das Águas, em São Lourenço (MG), e de Guararema (SP).
De acordo com o presidente da ABPF, Bruno Crivelari Sanches, as atividades serão retomadas seguindo um protocolo a partir de orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).
Assim como ocorreu em Guararema, que já retomou as atividades, o trem será totalmente higienizado antes de cada passeio e funcionará com capacidade reduzida de público, para que haja espaçamento entre os visitantes.
O uso de máscaras é obrigatório durante o período em que os passageiros estiverem nas estações e no trem. A temperatura corporal dos turistas e funcionários da ABPF será verificada.
"Vamos seguir todos os protocolos necessários. Em Guararema, a resposta tem sido boa. O primeiro fim de semana foi fraco, mas o último já foi melhor e temos procura alta no feriado", disse Sanches.
O trem da Mantiqueira é oferecido em Passa Quatro desde 2004, quando a ABPF assumiu o trecho e a estação ferroviária em Minas.
A rota turística tem início no centro de Passa Quatro, de onde a estrada de ferro, que no passado pertenceu à ferrovia Minas e Rio, parte rumo à Serra da Mantiqueira. Os primeiros minutos da viagem ainda são feitos na área urbana, até chegar à zona rural e à estação Manacá, de onde se observa a serra.
No trajeto entre Manacá e a estação Coronel Fulgêncio, a terceira do trecho, o visitante encontra florestas nativas e vê as corredeiras do rio Manacá.
Nas estações de Passa Quatro e Coronel Fulgêncio há uma exposição fotográfica, enquanto na Manacá existe uma feira de artesanato, doces e iguarias típicas da região.
É possível, ainda, visitar uma estação que foi posto de tropas federais durante a Revolução Constitucionalista de 1932, que teve na estação Coronel Fulgêncio e no Túnel da Mantiqueira uma batalha sangrenta naquele ano.
O túnel entre São Paulo e Minas, de 998 m de extensão, pode ser visitado a pé a partir da estação.
Trem da Serra da Mantiqueira

Cidade: Passa Quatro (MG)
Partidas: sáb., às 10h e 14h30 (a ser confirmada); dom., às 10h
Duração: 2h
Trecho percorrido: 20 km (ida e volta), entre as estações Passa Quatro e Coronel Fulgêncio
Preços: R$ 70
Atrações: exposição fotográfica nas estações, feira de artesanato, doces típicos e o túnel da Mantiqueira (o trem não faz a travessia)
Gastronomia: no passeio, são vendidas bebidas; na cidade, doces e queijos regionais
Informações: 35 3371-2167
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo