quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Infecção por Covid reduz qualidade do esperma por até três meses

O estudo, que ainda não foi revisto por pares, confirma no entanto que a Covid-19 não pode ser transmitida por meio de relações sexuais

© Shutterstock

Homens infectados com o novo coronavírus SARS-CoV-2 podem sofrer uma redução da qualidade espermática por até três meses, sugere um novo estudo citado pela Sky News. 

A pesquisa realizada com 120 homens na Bélgica por acadêmicos locais revelou que o sêmen não é "infeccioso" com Covid-19 e, portanto, não pode ser transmitido através do contato sexual.

Todavia, o estudo adverte: "casais com desejo de engravidar devem ter em mente que a qualidade do esperma após a infeção por Covid pode não ser ideal". 

Os investigadores, cujo trabalho ainda não foi revisto por pares, estimam que os níveis de esperma voltam ao normal após três meses.

"Os parâmetros de qualidade do esperma foram mais severamente danificados quando avaliados durante o primeiro mês", disseram, acrescentando que o dano foi "menos pronunciado" após o primeiro mês e "quase normal" após dois meses.

Via...Notícias ao Minuto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo