domingo, 5 de dezembro de 2021

Tecnologia permite alimentar pets à distância e a encontrar o parceiro perfeito

Expositores da PET South America apostam em aparelhos conectados e apps para facilitar dia a dia com animais de estimação


A tecnologia está cada vez mais presente em produtos e serviços para animais de estimação. Na PET South America, o principal encontro do mercado pet da América Latina, expositores apresentaram lançamentos em que a conectividade é a principal característica para oferecer comodidade aos tutores e conforto aos animais.

A fabricante Mimo, por exemplo, apostou no Smart Feeder, um equipamento capaz de alimentar o pet nos momentos em que não tem ninguém em casa. Graças a uma câmera de 1080p, com imagem HD, o tutor usa o celular para falar e ver o pet em tempo real, além de alimentá-lo. Outra versão de alimentador da marca, o Auto Feeder, não possui câmera, mas oferece a possibilidade de manter a regularidade na rotina alimentar do pet por meio da programação de horários para a liberação da ração. O dono pode até gravar uma mensagem de 10 segundos chamando o pet para comer.

De acordo com o gerente de produtos da marca, Thiago Maniezzo, a aposta em bases eletrônicas tem inspiração em produtos que já fazem sucesso no mercado voltado para bebês, onde a conectividade já é realidade há muito tempo. “As famílias se preocupam cada vez mais com seus pets. Nesse sentido, a tecnologia os aproxima”, explicou Maniezzo. Segundo ele, o sucesso dos produtos na PET South America foi tão grande que a intenção é aumentar a importação para atender a demanda que a partir de agora deve vir por parte do mercado.

Se o assunto é conectividade, a rede social Pandoris também chama a atenção. Isso porque ela deixa empreendedores, tutores e pets mais próximos, mesmo que sem se conhecerem. A plataforma oferece oportunidades de negócios, de entretenimento, de adoção virtual e conta com o Cruzapet, um “match” perfeito entre animais. “A Pandoris é voltada a pequenos e médios empreendedores que antes tinham poucos meios de alcançar visibilidade. Ela também oferece menos preocupações aos usuários que gostam de publicar conteúdos sobre seus pets, mas que sofrem julgamentos em outras redes sociais”, explicou Marisa Putignano, CEO da marca. O aplicativo é compatível com iOS, Android, oferece serviços por geolocalização e tudo de forma intuitiva.

A tecnologia também é uma aliada quando o assunto é segurança dos animais. A ZC PETS apresentou um pin de identificação que contém todas as informações sobre o animal e o dono, que podem ser lidas por meio de um QR Code. Ideal para substituir os chips colocados em animais. “Foi o item que mais chamou atenção aqui no nosso estande. Foi o ápice do evento. O Pet Code é divertido, repleto de informações, intransferível e, principalmente, usa uma tecnologia acessível a todos”, destacou Fabio Rezende, gerente nacional da marca.

VIA...Carolina Capozzi/CASA.9 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo