quinta-feira, 14 de abril de 2022

EUA aprovam pacote de US$ 800 mi à Ucrânia, que inclui armas e helicópteros

O presidente Volodymyr Zelesnky disse que ele e Biden "falaram sobre um novo plano de ajuda militar e potencialmente econômica"

© Getty

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Os Estados Unidos aprovaram nesta quarta-feira (13) um pacote de US$ 800 milhões (ou R$ 3,7 bilhões, na cotação atual) em nova ajuda militar à Ucrânia, que inclui armas e helicópteros, para reforçar a defesa contra uma ofensiva de tropas da Rússia intensificada na região leste do país.

Mais cedo, Biden já havia ligado para o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, para atualizá-lo sobre o "apoio contínuo dos Estados Unidos" ao seu país.

No Twitter, por sua vez, Zelesnky disse que ambos "falaram sobre um novo plano de ajuda militar e potencialmente econômica", mas também sobre os "crimes de guerra" cometidos em seu país e as sanções tomadas pelo Ocidente contra a Rússia.

Até agora, os Estados Unidos forneceram à Ucrânia a maior parte da ajuda militar internacional recebida por Kiev -o montante total do auxílio concedido ultrapassa os US$ 2,4 bilhões, segundo levantamento da agência de notícias AFP.

De acordo com uma lista publicada na semana passada pela Casa Branca, os Estados Unidos forneceram ou prometeram à Ucrânia 1.400 sistemas antiaéreos Stinger, 5.000 mísseis antitanque Javelin, 7.000 outras armas antitanque, centenas de drones kamikaze Switchblade, 7.000 fuzis de assalto, 50 milhões de balas e munições, 45.000 lotes de coletes e capacetes à prova de balas, foguetes guiados a laser, drones Puma, radares antiartilharia e antidrones, veículos blindados leves, sistemas de comunicação segura e proteção antiminas.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo