domingo, 3 de abril de 2022

Human Rights Watch acusa Rússia de crimes de guerra e cita estupros e assassinatos

O Kremlin não respondeu às acusações, mas por diversas vezes desde o começo da guerra negou atacar civis e rejeita as alegações de crimes de guerra.

© Jorge Silva/Reuters

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Human Rights Watch divulgou um comunicado dizendo ter encontrado "vários casos de forças militares russas cometendo violações das leis de guerra" em regiões controladas pela Rússia, como nos arredores da capital, Kiev, além de Tchernihiv e Kharkiv.

"Os casos que documentamos representam crueldade e violência indescritíveis e deliberadas contra civis ucranianos", disse Hugh Williamson, diretor da organização para Europa e Ásia Central, um dia após a descoberta de dezenas de corpos na cidade de Bucha, nos arredores da capital.

"Estupro, assassinato e outros atos violentos contra pessoas sob custódia das forças russas devem ser investigados como crimes de guerra", afirmou. O relatório ainda acusa soldados russos de saquear propriedades civis, incluindo alimentos, roupas e lenha.

O Kremlin não respondeu às acusações, mas por diversas vezes desde o começo da guerra negou atacar civis e rejeita as alegações de crimes de guerra.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo