sexta-feira, 22 de abril de 2022

Inflação pressiona inadimplência no varejo

A expectativa é que o indicador, que remete aos atrasos de pagamentos acima de 90 dias, arrefeça em maio e junho, quando deve cair para 3,05% e 2,82%.

© Shutterstock


RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A taxa de inadimplência da pessoa física no varejo deve alcançar o maior índice desde o início do ano em abril, chegando a 4,69% no mês, segundo as projeções do Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo).

Claudio Felisoni de Angelo, presidente do Ibevar, atribui o cenário ao impacto da inflação nos rendimentos domésticos.

A redução das despesas deve frear o índice nos próximos meses, mas isso dependerá da evolução das vendas em abril, segundo ele.

A expectativa é que o indicador, que remete aos atrasos de pagamentos acima de 90 dias, arrefeça em maio e junho, quando deve cair para 3,05% e 2,82%.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo