terça-feira, 14 de abril de 2020

São Paulo tem 14 mortes de servidores da saúde por suspeita de Covid-19

O número foi informado pelo Sindsep (Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo)

© Reuters
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 14 funcionários do sistema de saúde municipal de São Paulo morreram sob suspeita de coronavírus, contabiliza a categoria.O número foi informado pelo Sindsep (Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo).


Os dados incluem seis técnicos em enfermagem, três médicos, agentes de saúde e também funcionários terceirizados dos hospitais.

O sindicato diz que a falta de equipamentos básicos para os funcionários contribui com o número. "A situação extremamente grave mostra a incapacidade de proteger os profissionais do setor público da saúde (servidores, trabalhadores das organizações sociais da saúde e terceirizados) por parte dos governantes", afirma o Sindsep.

De acordo com a categoria, a "Prefeitura Municipal de São Paulo segue se manifestando apenas através de notas vazias falando sobre máscaras cirúrgicas e N95 que nunca chegam na quantidade necessária para uso dentro das normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária".
A reportagem vem questionando a gestão Bruno Covas (PSDB) sobre o problema e a administração nega falta de equipamentos.
Na última semana, a Folha mostrou que a prefeitura afirmou que, desde o primeiro caso confirmado de Covid-19 na cidade, registrou 1.841 afastamentos por quadros de síndrome respiratória, incluindo os de funcionários das áreas administrativas.
Segundo a prefeitura, o número de afastados representa 9,3% de 19.675 funcionários da Autarquia Hospitalar Municipal; destes, 95 são casos confirmados de Covid-19.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo