quinta-feira, 9 de julho de 2020

Número de militares mortos em atentado na Nigéria sobe para 35

30 soldados ainda estão desaparecidos.

© DR
O número de elementos das forças armadas nigerianas mortos no ataque 'jihadista' de terça-feira a uma coluna militar no nordeste da Nigéria subiu para 35 e ainda estão desaparecidos 30, segundo fontes ligadas à segurança do país. Uma avaliação anterior tinha indicado 23 soldados mortos no ataque.


Presumíveis combatentes do grupo do Estado Islâmico na África Ocidental (Iswap) realizaram uma emboscada numa estrada, no estado de Borno, deixando "35 soldados mortos, 30 desaparecidos e 18 feridos", disse hoje uma fonte militar à agência de notícias francesa AFP, sob anonimato.
De acordo com as mesmas fontes, os militares foram emboscados a cerca de 40 quilômetros de Maiduguri, cidade onde nasceu o grupo 'jihadista' Boko Haram.
Na terça-feira, "um comboio militar foi emboscado por terroristas em Bulabulin [uma vila daquela região] na estrada entre Maiduguri e Damboa", explicou uma das fontes.
Em 01 de julho, a organização não-governamental (ONG) francesa Ação Contra a Fome anunciou que cinco pessoas, incluindo um colaborador desta instituição, foram raptadas por um grupo de homens armados também no nordeste da Nigéria.
Desde 2009, mais de 36 mil pessoas foram mortas devido à violência na região e mais de dois milhões de pessoas continuam impossibilitadas de regressar às suas casas.
As Nações Unidas estimam que existam cerca de sete milhões de pessoas dependentes de ajuda humanitária para sobreviver nesta região, que está fortemente debilitada depois de uma década de conflitos contra grupos terroristas de natureza religiosa.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo