quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Fogo atinge bosque e serra, que queimam há seis dias no interior de SP

O fogo foi controlado, mas não debelado.

© Reuters

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Dois incêndios que já duram seis dias estão consumindo a vegetação num parque em Águas da Prata e em uma serra em São João da Boa Vista, no interior de São Paulo. O combate está sendo feito com quatro aeronaves, além de brigadistas em terra.


Os focos, que pegaram parte do parque estadual de Águas da Prata e a Serra Paulista, em São João, começaram entre a noite de sexta-feira (4) e a madrugada de sábado (5), segundo o Corpo de Bombeiros. Não se sabe a origem dos incêndios.
Em Águas da Prata, cidade que tem o turismo como uma de suas atividades econômicas, foram consumidos desde então cerca de 15 hectares de mata (o equivalente a 21 campos de futebol), inclusive em parte do parque, conhecido como Bosque da Prata – que pertence ao estado e tem manutenção da prefeitura.
A área de visitação de turistas foi preservada, mas o fogo atingiu áreas do parque, em combate que está reunindo policiais militares, bombeiros, Defesa Civil, Fundação Florestal, prefeitura, empresas engarrafadoras de água mineral e voluntários.
As equipes que atuam no incêndio têm recebido doações de frutas, pães, água, refrigerante e isotônicos de empresas e moradores. Águas da Prata é estância hidromineral, possui 58 cachoeiras, e o bosque abriga o Fontanário Vilela, que tem águas radioativas.
O fogo foi controlado, mas não debelado, nesta quarta-feira (9), ainda conforme os bombeiros.
Estão sendo utilizadas quatro aeronaves, sendo dois helicópteros da PM (Polícia Militar), no combate às chamas, que assustaram moradores e provocaram a ida ao local de muitos voluntários. Os helicópteros transportam 545 litros de água em cada investida contra o fogo.
De acordo com os bombeiros, em São João o incêndio na Serra Paulista é mais complexo, mas tem sido combatido. Nesta terça-feira (8), a atriz Giovanna Lancellotti, que tem propriedade na cidade, fez postagens em redes sociais pedindo ajuda para evitar a propagação do fogo. "Precisamos de aeronaves equipadas para combater o fogo! Preciso de ajuda urgente", disse a atriz.
Em São João, a prefeitura informou que cedeu caminhões-pipa para as ações e que um hospital de campanha para atender animais feridos foi montado na serra por um centro universitário.
Não há informações até o momento sobre o tamanho da área atingida em São João da Boa Vista, mas há um único foco de incêndio, conforme os bombeiros.
Além das aeronaves, a equipe é composta por 23 bombeiros e 32 voluntários. O comando da operação pediu para que pessoas sem treinamento não se aproximem da mata para tentar combater o fogo.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo