sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Trump acusado de mais um caso de assédio sexual por uma ex-modelo

Donald Trump já foi acusado de agressão ou assédio sexual por mais de uma dúzia de mulheres.

© DR

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado hoje de assédio sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente teria ocorrido num torneio de tênis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico The Guardian como o bilionário republicano supostamente a beijou e a tocou sem o seu consentimento, durante o torneio de tênis dos EUA, em 1997.


Na mesma edição do The Guardian, os advogados do Presidente negaram veementemente as acusações, que surgem a apenas algumas semanas antes da eleição presidencial de 03 de novembro.

Segundo Amy Dorris, Donald Trump, que na época era um construtor imobiliário nova-iorquino, a teria abordado em 05 de setembro de 1997, em frente ao banheiro do seu camarote VIP no US Open.

"Ele enfiou a língua na minha garganta enquanto eu o empurrava. Nessa altura, o abraço ficou mais forte, as suas mãos passeavam pelo meu corpo, apalpando minha bunda, os meus seios, as minhas costas... tudo", pormenorizou a ex-modelo, acrescentando que pediu para ele para parar, mas sem sucesso, perante os avanços de Trump, que tinha 51 anos naquela data.

"Eu era uma prisioneira nos seus braços e não conseguia escapar", concluiu Dorris.

A jovem, que tinha 24 anos na altura dos fatos, disse que sentiu "náuseas" e sentiu-se "menosprezada".

Donald Trump já foi acusado de agressão ou assédio sexual por mais de uma dúzia de mulheres, incluindo a colunista E. Jean Carroll, que o acusa de estupro, em meados da década de 1990.

O Presidente negou todas essas acusações e, no caso de E. Jean Carroll, chegou a dizer que ela "não fazia o seu tipo".

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo