quarta-feira, 7 de julho de 2021

Eric Adams vence primárias democratas para Prefeitura de Nova York, indica projeção

 

Ele se tornou policial em 1984 e ascendeu rapidamente ao posto de capitão, segundo informações da Associated Press. Ficou nas polícia por 22 anos e, em 2006, disputou o Senado estadual, para o qual foi eleito

© Getty

GUARULHOS, SP (FOLHAPRESS) - O ex-policial Eric Adams, 60, venceu as primárias democratas para a Prefeitura de Nova York, segundo mostram os últimos resultados divulgados na noite desta terça-feira (6). Caso eleito no pleito marcado para novembro, ele será o segundo prefeito negro da cidade –o único foi David Dinkins, morto em 2020, que ocupou o posto de 1990 a 1993.


Atual presidente do distrito de Brooklyn, Adams tem conduzido sua campanha em torno de pautas como a segurança pública e o combate ao racismo nas forças policiais.

"Embora ainda haja uma quantidade muito pequena de votos a serem contados, os resultados são claros: uma coalizão histórica liderada por nova-iorquinos da classe trabalhadora nos levou à vitória nas primárias", disse o político em comunicado logo após os resultados. "Agora devemos focar em vencer em novembro para que possamos cumprir a promessa de uma cidade para aqueles que estão comprometidos com um futuro seguro, justo e acessível", acrescentou.

A apoiadores, Adams, conhecido como um democrata moderado, comentou também sobre as reformas que pretende empreender na segurança pública. "Se as vidas negras realmente importam, não podemos ser apenas contra o abuso policial", disse. "Temos que ser contra a violência que está destruindo nossas comunidades."

Ele se tornou policial em 1984 e ascendeu rapidamente ao posto de capitão, segundo informações da Associated Press. Ficou nas polícia por 22 anos e, em 2006, disputou o Senado estadual, para o qual foi eleito.

Na disputa democrata, logo depois de Adams está Kathryn Garcia, uma funcionária pública do departamento de saneamento, e Maya Wiley, professora e ex-conselheira de Bill de Blasio, atual prefeito nova-iorquino. Até março, o favorito era Andrew Yang, empresário de origem asiática da área de tecnologia, que, no entanto, desidratou ao longo da campanha.

A participação nas primárias foi de apenas 26%.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo