quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Castração: "Ainda sou muito jovem, preciso de ter uma vida sexual"

 

Criminosos condenados à castração química revelam os rostos para mostrar as consequências de atos sexuais contra menores.

© iStock

Desde o início de 2021, cerca de 25 pedófilos já foram condenados à castração química no Cazaquistão. Os dados são confirmados pelo vice-presidente  do Comitê da Polícia Administrativa do Ministério do Interior do país.

E alguns destes criminosos foram entrevistados para um canal de televisão no âmbito de uma campanha que visa mostrar as consequências que podem surgir de comportamentos como estes.

"Quero com o meu exemplo mostrar aos homens que eles não devem cometer crimes tão terríveis", afirma um dos entrevistados, lançando ainda um apelo. "Peço àqueles que me prescreveram a castração química que cancelem a vossa decisão. Ainda sou muito jovem, preciso de ter uma vida sexual", pede.

Outro homem, identificado como Marat, foi condenado - para além da castração -  a 15 anos de prisão pela tentativa de violação de uma criança e confessa que as consequências do seu ato foram muito más. O homem, que admite a sua culpa, diz que quer, apesar disso, continuar a viver, algo que deixou de lhe ser permitido na sua totalidade depois de ter sido castrado. "Nada funciona lá em baixo".

Outro condenado, diz que não desejaria tal sentença "nem ao seu pior inimigo" e pede que o procedimento seja proibido.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo