quarta-feira, 11 de agosto de 2021

E-commerce no Brasil bate recorde e atinge R$ 53 bi em vendas no 1º semestre

 

Os números são da 44ª edição do Webshoppers, relatório elaborado pela Ebit Nielsen e realizado em parceria com o Bexs Banco

© iStock

O comércio eletrônico bateu recorde de vendas no primeiro semestre de 2021 e atingiu R$ 53,4 bilhões em faturamento. O resultado aponta um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os números são da 44ª edição do Webshoppers, relatório elaborado pela Ebit Nielsen e realizado em parceria com o Bexs Banco.

O resultado semestral foi impulsionado pelo aumento de 22% no tíquete médio, que chegou a R$ 534. Além disso, houve alta de 7% no número de pedidos, que chegou à marca de 100 milhões.

O número de novos consumidores, porém, se estabilizou. Eles somaram 6,2 milhões, abaixo dos 7,3 milhões do mesmo período do ano passado. Esses novos entrantes, por sua vez, têm tíquete médio levemente superior à média total: R$ 556.

A compras por meio de celulares representaram mais da metade do faturamento total do e-commerce e do número de pedidos. No primeiro semestre as vendas por esse canal atingiram R$ 28,2 bilhões, crescimento de 28,4%.

Os segmentos de Departamento e Esportivo se destacaram durante o primeiro semestre, com expansão de 37% e 48% no volume de vendas e 14% e 27% no número de pedidos, respectivamente.

Aparecem ainda os segmentos de Pet Shop, com alta de 56% no faturamento e 48% nos pedidos, e Alimentos, com 34% e 8% de alta. Casa e Decoração teve alta de 155% em vendas e de 67% em pedidos.

A região Sudeste representou 51% do faturamento total, conforme os dados do estudo. No entanto, as regiões Sul e Norte foram as que mais cresceram durante o primeiro semestre, com altas de 57% e 52%, respectivamente.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo