quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Moderna é mais eficaz contra a variante Delta, dizem estudos

 

Segundo os estudos, a vacina da Pfizer/BioNTech não oferece a mesma proteção

© Shutterstock


As vacinas de RNA mensageiro, desenvolvidas pela Pfizer e Moderna, são necessárias no combate à Covid-19. No entanto, de acordo com dois estudos publicados no MedRxiv, este domingo, a vacina da Pfizer/BioNTech poderá ser menos eficaz do que a Moderna contra a Delta - uma das variantes mais preocupantes do vírus.

Face a estes resultados, a Pfizer considera uma terceira dose de reforço. "Poderá ser necessária uma terceira dose da vacina dentro de seis a 12 meses após a vacinação completa para manter os níveis mais altos de proteção", diz o porta-voz da empresa.

Os estudos

Num primeiro estudo, que contou com mais de 50 mil pacientes, no Mayo Clinic Health System, a eficácia da vacina da Moderna caiu de 86% no início do ano para 76% em julho - altura em que a variante Delta já era predominante -, enquanto que a eficácia da vacina da Pfizer caiu de 76% para 42%.

Num segundo estudo, idosos residentes de um lar em Ontário produziram uma resposta imunológica mais forte após a toma da vacina da Moderna.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo