segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

Moderadora processa TikTok e diz sofrer de trauma

A trabalhadora ressalta que tem problemas para dormir e que sofre de pesadelos devido aos vídeos que precisa assistir.

© Shutterstock


A Bloomberg surpreendeu com a notícia de que o TikTok e a empresa responsável, a ByteDance, foram processados por uma moderadora - de nome Candie Frazier - que diz ter ficado traumatizada pelo tipo de vídeos a que foi exposta.

“A moderadora tem problemas para dormir e, quando consegue, tem pesadelos horríveis”, pode se ler no processo partilhado pela publicação. Frazer refere que é frequentemente exposta a vídeos com violência, quedas fatais e até canibalismo.

A moderadora nota ainda que o TikTok exige que os moderadores trabalhem durante turnos de 12 horas com apenas uma hora de almoço e intervalos de 15 minutos. Além disso, os moderadores não devem passar mais de 25 segundos em cada vídeo, sendo que por vezes analisam entre três a dez vídeos em simultâneo.

A moderadora pretende agora ser compensada pelos danos mentais que resultaram do seu trabalho e ainda que a empresa crie um fundo para os moderadores afetados.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo