sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Avô se declara culpado pela morte de neta que caiu de cruzeiro

Menina de 18 meses morreu depois de cair dos braços do avô, do 11.º andar do cruzeiro.

@DR
Salvatore Anello, o avô norte-americano que foi acusado em outubro pela morte negligente da sua neta de 18 meses, a bordo de um cruzeiro, declarou-se culpado do crime.
Chloe Wiegand caiu do 11.º andar do cruzeiro Freedoms of the Sea, da Royal Caribbean, em Porto Rico, enquanto estava brincando com o avô. Ele disse que achava que a janela pela qual a neta caiu estava protegida.
"Entrei em acordo judicial para tentar terminar esta parte do pesadelo para a minha família, se for possível", disse Salvatore Anello, segundo informações da BBC. 
O comunicado emitido pelo advogado da família informa que o homem não irá cumprir pena de prisão em Porto Rico, onde ocorreu o acidente, e será autorizado a cumprir a pena em liberdade condicional no estado norte-americano de Indiana, onde reside.
A menina, que viajava na companhia dos pais, avós e do irmão, morreu no início de julho de 2019, quando a família passava férias em Porto Rico numa viagem de cruzeiro. A criança caiu no porto de San Juan e não resistiu aos ferimentos.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo