sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Prisão de suspeitos da morte de família é renovada por 30 dias

A polícia pretende realizar a reconstituição do crime nos próximos 30 dias.

@ Reprodução

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Justiça renovou por mais 30 dias a prisão temporária dos cinco suspeitos de envolvimento na morte de uma família, encontrada carbonizada dentro do porta-malas do carro das vítimas, em São Bernardo do Campo (ABC). O crime, no dia 28 de janeiro, completa um mês. 

Juliano Oliveira Ramos Júnior, 22 anos, Guilherme Ramos da Silva, 19, Jonathan Fagundes Ramos, 23, Ana Flávia Menezes Gonçalves, 24, filha do casal assassinado, e a namorada dela, Carina Ramos de Abreu, 31, serão indiciados após a conclusão do inquérito policial do caso. 
A reportagem apurou que, nos próximos 30 dias, a polícia pretende realizar a reconstituição do crime, além de concluir provas técnicas, como laudos e quebras de sigilo telefônico dos investigados. 
Na madrugada de 28 de janeiro, a Polícia Militar encontrou na estrada do Montanhão, em São Bernardo, um Jeep Compass, em chamas, com os corpos carbonizados de Romuyuki Gonçalves, 43, da mulher dele, Flaviana, 40, e do filho do casal, Juan, 15. 
Em uma das três versões que apresentou em depoimentos à polícia, Carina afirmou que o assalto à casa da família de sua namorada começou a ser planejado cerca de cinco meses antes do crime ser concretizado. 
Carina também afirmou neste depoimento, dado em 31 de janeiro, que a comerciante Flaviana foi monitorada no ano passado. Juliano, primo da presa, é quem teria sido responsável por seguir os passos da vítima. 
A suspeita deu três depoimentos contraditórios à polícia desde sua prisão. No último deles, a dupla admitiu participação no assalto, mas não na morte da família, segundo a defesa das duas. Ramos Júnior foi preso e, em depoimento no último dia 3 , disse que as duas não só participaram do assalto como autorizaram o assassinato da família.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo