domingo, 1 de março de 2020

Polícia alerta. Se comprou drogas "podem estar contaminadas"

Publicação de Departamento de Polícia do Winsconsin causou polêmica. Foram acusados de desinformação

@DR
"Se comprou metanfetaminas recentemente, estas podem estar contaminadas com coronavírus". Este falso alerta feito pela polícia de Merrill, no Winsconsin, através do Facebook, levou a que os norte-americanos se dividissem: uns acharam que as autoridades estavam só a ser engraçadas e a tentar conseguir detenções hilariantes, enquanto outros não gostaram de ver as forças de segurança a usarem o Covid-19 nestes termos e a propagar desinformação, explica o The Washington Post.
A publicação da polícia continua, referindo que quem tinha comprado estas drogas devia levá-las à Merrill Police Department para "serem testadas gratuitamente".
E acrescentava: "Se não está confortável em trazê-las à esquadra, por favor peça a um agente e ele testa-la-á na privacidade da sua casa. Espalhe a palavra! Estamos aqui para si".
Depois dos comentários de que ao post foi alvo, a Polícia de Merrill fez uma atualização ao mesmo, explicando qual foi o objetivo inicial. 
"Para vos dar algum contexto, nós já tivemos pessoas a reportarem-nos que as suas drogas tinham sido roubadas, que lhes tinham vendido uma substância ilegal idêntica, etc. Já tivemos condutores embriagados a virem buscar outros como os 'sóbrios responsáveis'. Portanto, esta tentativa, apesar de ser difícil, tinha algumas possibilidades", clarificaram. 

Este sábado, uma paciente morreu no estado norte-americano de Washington depois de contrair o coronavírus, anunciou o porta-voz do departamento de saúde daquele estado. Foi a primeira morte nos Estados Unidos provocada pela epidemia.
Recorde-se que a Organização Mundial de Saúde (OMS) aumentou para muito elevado o nível de ameaça causado pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo