quinta-feira, 16 de julho de 2020

Que tal aprender a fazer coalhada fresca? Super saudável!

Versátil e saborosa, a coalhada pode ser saboreada pura, com azeite a pão sírio ou até como acompanhamento de pratos

© DR

Com apenas 103 calorias em 100 gramas, a coalhada pode, além de conferir um sabor especial, agregar às receitas, nutrientes como cálcio e proteína. Aliada da alimentação saudável, tanto as frescas, como a em pasta, podem ajudar a restaurar a flora intestinal, auxiliar no combate à osteoporose e ainda contribuir no ganho de massa muscular.


A coalhada nada mais é do que o leite fermentado, bem semelhante ao processo de produção do iogurte. No processo de fermentação, a gordura, os minerais e as vitaminas são preservados, mas a lactose, açúcar do leite, é reduzida, melhorando sua digestão.
Veja também: Aprenda a fazer pão caseiro com recheio de presunto e queijo
De acordo com Beto Isaac, restauranteur do tradicional restaurante sírio-libanês Arabesco, localizado em Perdizes, “a coalhada fresca pode substituir o leite em todas as vitaminas com frutas e em algumas receitas de bolos e massas”. Veja como fazer a coalhada em casa:
Ingredientes (rendimento: 1 litro ou 4 porções)
1 litro de leite integral
2 colheres (de sopa) de coalho
Modo de preparo
Colocar o leite numa panela, levar ao fogo até ferver. Retirar do fogo e deixar amornar até atingir, aproximadamente, 45º C (trata-se de uma temperatura quente, quase morna, porém suportável). Este será o ponto ideal para fazer a coalhada.
À parte, diluir o coalho em um pouco de leite morno e, posteriormente, juntar ao restante. Mexer bem com uma concha da seguinte forma: mergulhar a concha no leite, levantá-la e, do alto, verter o leite de modo a fazer espuma e oxigenar. Repetir o procedimento algumas vezes. Repouse a vasilha da coalhada, em local protegido do vento, preferencialmente embrulhada em uma toalha, até o dia seguinte ou por 8 horas.
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo