quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Grupo obriga taxista a carregar homens mortos no centro de SP

 

O caso foi registrado como homicídio e será investigado pelo DHPP

© Sergio Flores/Getty Images


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Civil investiga a morte de dois homens após uma suposta briga, na noite de terça-feira (28), no centro de SP. Os corpos foram encontrados na rua Conselheiro Nébias, em Campos Elíseos. A dupla havia sido socorrida, momentos antes, por um taxista, que contou ter tido seu automóvel interceptado por um grupo na esquina entre as ruas dos Guaianazes e Aurora, e por eles, "coagido" a tirar os feridos do local.

Ambos os pontos ficam nas imediações da Cracolândia, lugar em que usuários de drogas se reúnem para consumo de entorpecentes, entre eles o crack.
Uma das vítimas foi identificada como Luis Angel, 24 anos, que seria colombiano, de acordo com a polícia. O segundo morto ainda não havia sido identificado até a publicação desta reportagem.

Segundo o boletim de ocorrência elaborado pelo 2° DP (Bom Retiro), policiais militares foram acionados pelo Copom (Centro de Operações da PM) para um caso de suposto roubo na esquina das ruas dos Guaianazes com Aurora. Ali, diversas pessoas que estavam apontaram aos PMs um local em que havia uma poça de sangue.

Ainda de acordo com o relato dos PMs aos policiais civis, as pessoas no local relataram que momentos antes havia acontecido uma briga, que resultou em duas pessoas esfaqueadas. Elas teriam sido socorridas por um taxista.

Após a informação, os PMs passaram a patrulhar a região, momento em que localizaram o motorista do táxi na rua Conselheiro Nébias. No local, além do motorista, os policiais militares encontraram os dois feridos, que já estavam na calçada.

Acionada, uma equipe do Corpo de Bombeiros constatou que os dois homens já estavam mortos.

Indagado, o taxista afirmou "que estava trafegando pela rua Aurora com rua dos Guaianazes, momento em que um grupo de pessoas o parou, obrigando a socorrer duas pessoas feridas, aparentemente por faca".

Ainda segundo o relato do taxista, ao se afastar do grupo que o havia interceptado, ele resolveu parar seu automóvel e retirar os dois homens que estavam em seu interior. Após deixá-los na calçada, contou ter telefonado para a polícia.

Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o táxi passou por perícia e já foi devolvido para o proprietário. O caso foi registrado como homicídio e será investigado pelo DHPP.

Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo