quarta-feira, 29 de setembro de 2021

Hang recusa fazer juramento de não mentir à CPI, mas diz estar com a verdade ao seu lado

 

Antes da sessão, Hang havia dito que não solicitou habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal, porque não teria nada a temer

© Leopoldo Silva/Agência Senado

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O empresário bolsonarista Luciano Hang se recusou a fazer o juramento de falar a verdade, em seu depoimento à CPI da Covid. A sua defesa informou que ele não aceitaria o compromisso, por ter sido incluído pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL) na lista de investigados formais da comissão.


Antes da sessão, Hang havia dito que não solicitou habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal, porque não teria nada a temer.
"Nada melhor do que sentar na frente de juiz, promotor e delegado e ter a verdade ao seu lado".

ATAQUE A RENAN CALHEIROS

O empresário bolsonarista Luciano Hang divulgou vídeo com ataques ao relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), antes de começar seu depoimento na comissão.

Hang afirmou que Renan é quem pratica negacionismo, fazendo analogia com a mesma palavra pela qual é acusado por divulgar notícias falsas sobre a Covid-19.

O empresário disse que o senador já respondeu a 25 processos no STF (Supremo Tribunal Federal), em alguns deles "já até inocentado" e que, em todos, "adotou o que poderiam chamar de negacionismo como estratégia de defesa".

"Ele passou quase toda a sua vida pública negando as acusações de peculato, corrupção, recebimento de propinas, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Não estou acusando o senador, estou apenas relatando fatos documentados em meios oficiais e na imprensa", disse.

O empresário também citou a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em 2013 contra Renan Calheiros em que o senador foi acusado de usar um lobista de uma empreiteira para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento com a jornalista Mônica Veloso.

"Quando a mãe da sua filha de Mônica Veloso veio a público fazer uma grave acusação de que recebia pagamento da empreiteira Mendes Júnior, o que ela chamava de propina paga ao ilustre senador Renan Calheiros, o que o senador fez? Adotou o negacionismo", afirmou.

Hang também falou que está tranquilo, sem habeas corpus e "preparado para responder qualquer questão'', pois afirma ter a verdade ao seu lado.

"Todas as acusações a meu respeito são mentirosas e não existem provas contra mim", disse.

Via...Notícias ao Minuto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo