quarta-feira, 6 de outubro de 2021

Aluna de 10 anos morre de Covid-19 após ser eleita 'enfermeira de turma'

 

Pais acreditam que filha assumiu missão com alegria, mas alegam que teria sido na sequência da 'nova função' que a menina contraiu a doença

© Facebook

Os pais de uma menina de dez anos acreditam que a filha morreu depois de a professora a ter escalado para ser a 'enfermeira da turma'.

Teresa Sperry, aluna da escola Hillpoint Elementary, em Virgínia, nos EUA, foi a escolhida pela professora para ajudar todos os colegas que se sentissem mal, acompanhando-os à enfermaria.

Teria sido logo na sequência dessas funções que a menina começou a se sentir doente, com fortes dores de cabeça, vindo a descobrir que estava infectada com o novo coronavírus.

Os pais de Teresa admitem que, como boa aluna e pessoa dedicada, esta foi uma tarefa que a filha "fez com muita alegria", contudo acreditam que foi assim que contraiu a doença.

A aluna do 5.º ano começou a se sentir doente no dia 22 de setembro e no dia seguinte ficou com febre. Quatro dias depois já tinha tosse severa, momento em que a mãe a levou ao hospital. A menina foi testada à Covid-19 mas enviada para casa, para esperar pelos resultados.

Teresa acabou sofrendo uma parada cardio respiratória um dia depois e acabou falecendo no hospital. Com o resultado do exame atestando que a garota estava com Covid.

Perante as alegações da família, a direção da escola diz que está investigando o sucedido e se se provar que a menina foi obrigada a ser a 'enfermeira de turma', houve uma quebra de protocolo da escola, uma vez que este estabelece que sempre que uma criança se sente mal, deve ser o professor a contactar a enfermaria e a profissional de saúde a se deslocar à sala de aula para ir buscar o aluno doente.

Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo