segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Policial mata amante para evitar que mulher descobrisse traição

Caso gerou controvérsia nos EUA

© Reprodução


Dominique Clayton, mãe de quatro filhos, foi morta pelo seu namorado Matthew Kinne. O homem, que era policial, matou a mulher com receio de que a sua esposa descobrisse que ele a estava traindo.

Dominique, mãe solteira de quatro crianças, todas com menos de 14 anos, vivia em grandes dificuldades financeiras. A sua vida ganhou algum alento quando conheceu Matthew. Contudo, o homem já era casado.

O ex-polícia, cuja primeira mulher morreu de suicídio, casou-se uma segunda vez e era pai de dois jovens. Em agosto de 2018, o agente do Oxford Police Department começou uma relação extraconjugal com Dominique.

O homem teria ajudado Dominique a nível financeiro e embora fosse possessivo nunca quis tornar a relação pública. Quando o receio de que a esposa descobrisse a traição se tornou cada vez mais evidente, Dominique percebeu que a relação não teria futuro e tudo chegaria ao fim num momento em que começou a desconfiar que poderia estar grávida.

Em 19 de maio, o homem entrou na casa da amante, quando a mesma estava dormindo, e matou-a com um único disparo na cabeça.

O corpo de Dominique foi encontrado no dia seguinte pelos filhos, que tinham passado a noite na casa de um familiar.

Após o homicídio, o caso entre Dominique e Matthew tornou-se conhecido. O homem acabou por admitir o caso extraconjugal, mas negou qualquer envolvimento na morte.

Mais tarde, imagens de videovigilância acabariam por denunciá-lo, uma vez que o seu carro foi filmado junto à casa da vítima na noite do crime.

Via...Notícias ao Minuto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo