sexta-feira, 3 de julho de 2020

Feriado de 4 de Julho nos EUA vai ter mega fogos-de-artifício

Trump não fez qualquer menção às mascaras ou sequer à pandemia ao falar sobre os seus planos para o Dia da Independência.

© DR

A celebração do feriado nacional dos EUA, em 4 de Julho, no Parque Nacional (National Mal), em Washington, pretendida pelo presidente americano, Donald Trump, vai ter um dos maiores fogos-de-artifício já realizado no país. Na ocasião, vão ser distribuídas cerca de 300 mil máscaras a quem quiser, mas apesar das preocupações com a saúde pública expressas pelo prefeito da cidade, ninguém vai ser obrigado a usá-las.


Trump não fez qualquer menção às mascaras ou sequer à pandemia na mensagem que divulgou na rede social Twitter sobre os seus planos para o Dia da Independência.
Agradeceu às empresas que apoiaram a iniciativas e prometeu: "Este vai ser, sem dúvida, um acontecimento especial".
O secretário do Interior, David Bernhardt, realçou os eventos comemorativos do 4 de Julho, focados na área militar pelo segundo ano consecutivo, na capital federal, incluindo a organização pelo Departamento da Defesa de um "espetáculo aéreo único".
Em comunicado, Bernhardt afirmou: "A Saudação à América 2020 do Presidente Trump vai ser um tributo patriótico aos nossos homens e às nossas mulheres em uniforme".
Ao longo de quase dois quilômetros estão espalhados cerca de 10 mil dispositivos de fogo, que são "o maior na memória recente".
O 04 de Julho ocorre quando os cidadãos dos EUA estão lidando com casos crescentes de infecções do novo coronavírus e discussões sobre o uso das máscaras no espaço público.
Trump tem sido criticado por pressionar a realização de grandes campanhas e outras reuniões públicas, como as comemorações no feriado de 04 de Julho, apesar do risco crescente de infecção.
Entre os profundamente preocupados em Washington, a prefeita Muriel Bowser, que não tem a possibilidade de impedir estas festividades, uma vez que ocorrem em terreno federal, preveniu o Governo federal para os perigos evidentes de tamanho ajuntamento de pessoas.
Bowser já afirmou que os planos do Departamento do Interior para o 04 de Julho não são consistentes com as orientações estabelecidas para a saúde pública.
"Sabemos que este é um evento especial para o Departamento do Interior. Já comunicamos que não pensamos que siga as orientações do Departamento da Saúde e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças. Mas este evento vai decorrer inteiramente em propriedade federal", afirmou Bowser.
A prefeita pediu aos residentes no Distrito de Columbia que evitem aglomerações e celebrem o 4 de Julho na sua casa ou nas imediações.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo