quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Biden lembra: "Estamos em guerra com o vírus, não uns com os outros"

O presidente eleito Joe Biden discursou nesta quarta-feira a propósito do Dia de Ação de Graças.

© Getty Images

O presidente eleito Joe Biden fez nesta quarta-feira um discurso em Wilmington, a propósito do Dia de Açãode Graças, onde apelou à união do povo americano.

"Olhando para a nossa história, vemos que foi nas circunstânciasmais difíceis que esta nação foi forjada", disse Biden, enquanto olhava diretamente para a câmera.

Num discurso oposto ao de Donald Trump, o presidente eleito pediu aos americanos que se unam para combater o novo coronavírus. "Sei que o país está cansado da luta. Precisamos nos lembrar que estamos em guerra com o vírus, não uns com os outros."

Mais tarde, quando apelou aos cidadãos que usem máscara e mantenham o distanciamento social, Bidensublinhou: "Nenhuma dessas medidasé uma declaração política. Cada uma delas é baseada na ciência".

"A América não vai perder esta guerra. Não se deixem vencer pelo cansaço", pediu.


"Respeitamos os resultados. Povo e leis não aceitarão mais nada"

No mesmo discurso, opresidente eleito acrescentou que ademocracia "foi colocada à prova este ano", mas nos Estados Unidos da Américahá "eleições livres e justas"."Acho que estaépocasombria de divisão edemonizaçãodará lugar a um ano de luz e unidade",considerou.

Pouco antes deste discurso deBiden, que já tem um tom presidencial a caminho da tomada de posse, em 20 dejaneiro, Donald Trump voltou a apregoar a tese infundada de fraude eleitoral e pediu aos apoiantes, que são cada vez menos, para lutarem contra um alegado esquema propagado pelos democratas.

Trump ainda não reconheceu a derrota, apesar de já ter instruído à sua administração que desbloqueie o processo de transição entre a sua administração e a de Biden.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo