segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Mesmo sem apoio do governo, reforma tributária já teria votos para ser aprovada

Maia tem defendido o texto como prioridade na pauta de recuperação econômica do País.

© Reuters

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita já ter apoio suficiente para se aprovar a reforma tributária na Câmara. Segundo ele, já há 320 votos favoráveis à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 45, mesmo sem contar com a ajuda dos partidos da base do governo. Maia tem defendido o texto como prioridade na pauta de recuperação econômica do País.


"Não vamos resolver o problema do Brasil apenas cortando despesas", disse Maia em entrevista ao UOL. "Precisamos de uma macro reforma que é a tributária", afirmou.

Segundo ele, o relator da proposta, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), deve apresentar seu parecer para partidos e governo nesta semana e, se houver consenso, irá colocar o texto em votação. A PEC precisa ser aprovada em dois turnos. "Se não tiver consenso, ficará para o próximo presidente da Câmara pautar, ela estará pronta para votação", disse.

Maia reclamou das vaidades na política e disse que pessoas vaidosas no Executivo e Legislativo atrasaram a votação de projetos importantes.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo