quarta-feira, 17 de março de 2021

Amostras de pele são suficientes para detectar Covid, dizem pesquisadores

 

Este pretende ser um método menos invasivo

© Reuters


O método mais tradicional e bastante eficaz para detectar o novo coronavírus - a zaragatoa - pode ser bastante incômodo. Mas, ao que parece, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Surrey, em Inglaterra, pode ter encontrado uma alternativa menos invasiva para detectar o vírus - amostras de pele.


O estudo, publicado em março pela Lancet, contou ainda com a participação de profissionais do Hospital Frimley Park e das universidades de Manchester e Leicester.

Para chegar a esta conclusão, os cientistas recolheram amostras de 67 pacientes hospitalizados - 30 haviam testado positivo para a Covid-19 e 37 testaram negativo. De acordo com a Galileu, em todos foi feita uma raspagem de pele em regiões oleosas do corpo (como rosto, pescoço e costas), com o intuito de recolher o sebo.

As amostras foram depois analisadas a partir de um método químico e de um método estatístico para diferenciar as amostras positivas e negativas da Covid-19. A equipe de Surrey descobriu que os pacientes com teste positivo para Covid-19 tinham níveis de gordura mais baixos do que aqueles com teste negativo.

Para os pesquisadores, a amostragem de pele é um método simples que significa uma promessa tanto para o diagnóstico quanto para a monitorização da doença.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo