sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Lula é cortejado por tucano, senador do PDT e família Sarney no Maranhão de olho em 2022

 

Flávio Dino, que migrou recentemente para o PSB e ainda almeja ser vice do ex-presidente Lula em 2022, trabalha pela composição com todos os partidos da sua base, que vão do PT ao DEM

© Reuters

(FOLHAPRESS) - O ex-presidente Lula (PT), que faz giro pelo Nordeste em busca do fortalecimento de alianças para disputa presidencial em 2022, foi cortejado em São Luís pelo vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), e pelo senador Weverton Rocha (PDT).

Os dois travam disputa velada para ser o candidato à sucessão do governador Flávio Dino (PSB), que deve deixar o cargo em abril para disputar o Senado.

Lula permanece na capital maranhense até esta sexta-feira (19) e se reunirá também com o ex-presidente José Sarney e a ex-governadora Roseana Sarney, ambos do MDB.

Flávio Dino, que migrou recentemente para o PSB e ainda almeja ser vice do ex-presidente Lula em 2022, trabalha pela composição com todos os partidos da sua base, que vão do PT ao DEM.

Dino é considerado um dos importantes apoiadores da candidatura de Lula. Nos bastidores, é visto como peça central na costura de alianças entre os partidos de centro e de centro-direita.

Ao lado do deputado Marcelo Freixo, que também migrou para o PSB, ele é visto como uma das principais pontes para Lula atrair os socialistas para seu barco em 2022.

O governo Dino recebe apoio de uma "frente amplíssima", que engloba tanto os partidos PC do B e PT até DEM, PSDB e Patriota, além do MDB.

No início de maio, Lula havia sinalizado um possível apoio à candidatura do senador pedetista Weverton ao Governo do Maranhão. Com o gesto, demonstrou força frente ao presidenciável Ciro Gomes (PDT) em uma de suas bases mais promissoras.

A visita de Lula a São Luís tem o objetivo de ampliar o escopo de alianças, alinhar o discurso com a base e promover arranjos regionais, incluindo partidos do chamado centrão.
Estreitar as relações com os candidatos que almejam o cargo político mais alto do estado não é tarefa das mais simples. Há um racha interno no PT local. Uma parte resiste a apoiar um candidato tucano.

Nas redes sociais, Carlos Brandão, ex-crítico do petista, fez várias postagens em tom de elogio. "Nossa agenda com o ex-presidente Lula foi marcada por um encontro com todos que querem um Maranhão ainda melhor."

O pedetista Weverton também postou várias fotos durante agenda com Lula. "O povo do Maranhão o considera um amigo. Você sempre será bem-vindo aqui", escreveu.

Acompanhado do governador, o ex-presidente visitou a obra do Hospital da Ilha em São Luís. Lula também se reuniu com lideranças indígenas e visitou escolas de pesca. No périplo pelo Nordeste, o petista ainda vai visitar Fortaleza, Natal e Salvador.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo