sábado, 28 de dezembro de 2019

Cinco pessoas morrem afogadas no lago de Furnas em Carmo do Rio Claro

Os nomes das vítimas não foram revelados, mas todas são de Franca (a 400 km de São Paulo), ainda de acordo com a polícia mineira.

@ DIVULGAÇÃO
RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Cinco pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (27) num acidente envolvendo um barco no lago de Furnas, em Carmo do Rio Claro (MG).
As pessoas, três adultos e duas crianças, segundo a Polícia Militar, estavam num barco pequeno, simples, de madeira, quando afundou. Nenhum dos passageiros usava colete salva-vidas.
Apenas um dos corpos, de uma mulher, já foi retirado das águas. O lago de Furnas tem pontos em que a profundidade ultrapassa 70 metros.
Os nomes das vítimas não foram revelados, mas todas são de Franca (a 400 km de São Paulo), ainda de acordo com a polícia mineira. As crianças têm 4 e 5 anos de idade. As buscas no local estão sendo feitas pelo Corpo de Bombeiros.
Em nota de pesar, a Prefeitura de Carmo do Rio Claro informou em redes sociais lamentar o acidente. "A Prefeitura de Carmo do Rio Claro lamenta o acidente ocorrido na tarde desta sexta-feira, 27, no Lago de Furnas, que vitimou fatalmente 5 pessoas [...]. Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos das vítimas", diz o comunicado.
Nas cidades banhadas pelo lago de Furnas, como Capitólio, há coletes salva-vidas a bordo nas embarcações que oferecem o passeio náutico, mas a maioria dos turistas não os utiliza, como a Folha mostrou na última terça-feira (24).  
A hidrelétrica de Furnas teve as obras da barragem concluída em 1963 e foi responsável pelo desenvolvimento do turismo nas 34 cidades banhadas pelo lago que se formou a partir dela, conhecido como o "mar de Minas".Além de atividades turísticas, os municípios recebem royalties devido à área alagada pela represa. Carmo do Rio Claro é uma das cidades que mais atraem turistas. 
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo