segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Comer duas peças desta fruta por dia acaba com o colesterol

Um novo estudo sugere que comer duas maçãs por dia contribui significativamente para uma melhor saúde cardiovascular, reduzindo os níveis de colesterol

@
a pesquisa britânica apurou que adultos que comem regularmente maçãs registam um decréscimo de 4% nos índices de colesterol, comparativamente aos que optam por o beber suco da mesma fruta.
A maçã é uma fruta extremamente rica em fibra e em micro-nutrientes denominados polifenóis.
Os especialistas acreditam que essas substâncias têm um papel ativo na redução dos níveis do colesterol alto, que pode contribuir para o endurecimento e estreitamento das artérias, aumentando assim a probabilidade de incidência de ataques cardíacos e de acidentes vasculares cerebrais (AVCs). 
A professora, investigadora e líder do estudo Julie Lovegrove, docente na Universidade de Reading, no Reino Unido, disse em declarações ao jornal The Sun: “parece que o velho provérbio de comer uma maçã por dia está correto”.
O estudo foi publicado no periódico científico American Journal of Clinical Nutrition, e utilizou como amostra 40 indivíduos de meia idade. Metade dos voluntários comeu duas maçãs por dia e metade ingeriram o equivalente na forma de suco por um período de dois meses. Após esse tempo os grupos trocaram e prosseguiram a experiência por mais dois meses.
Os níveis de colesterol eram de 5.89 quando comeram a fruta e de 6.11 nas semanas em que beberam suco. 
O investigador e médico Thanasis Koutsos disse ao The Sun: “Ainda não sabemos se é a fibra presente na maçã ou os polifenóis cujos índices são significativamente maiores nesta fruta, comparativamente a outras. O que sabemos é que basta uma simples alteração na dieta que passa somente por comer duas maçãs por dia para impactar positivamente nos marcadores que determinam a saúde cardiovascular”.

VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo