quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

PM que agrediu jovem na BA é afastado e ficará no administrativo

A Corregedoria informou que vai abrir inquérito para apurar o caso nas esferas administrativa e criminal

@Divulgação
Um policial militar foi afastado das ruas após ser filmado dando socos e chutes em um jovem, além de agredi-lo verbalmente, durante uma abordagem em Salvador no domingo, 2. A Corregedoria informou que vai abrir inquérito para apurar o caso nas esferas administrativa e criminal.
"Você para mim é ladrão, é vagabundo. Olha essa desgraça desse cabelo. Filho da puta!", grita o policial no vídeo gravado por uma pessoa que acompanha a cena de dentro de sua casa.
O jovem está encurralado, junto a um muro, com as mãos na cabeça. Outros dois rapazes também são abordados.
O rapaz que foi vítima da violência usa black power, penteado que parece ter irritado o PM.
O vídeo mostra o policial agredindo o rapaz com dois socos nas costelas, um tapa no rosto e um chute.
A Polícia Militar da Bahia informou que 'não preconiza a violência e rechaça todo e qualquer tipo conduta arbitrária e preconceituosa por parte de qualquer integrante da corporação'.
COM A PALAVRA, O GOVERNADOR RUI COSTA
O governador Rui Costa (PT) comentou o caso na manhã desta terça, 4, em seu Twitter.
Ele afirmou que a conduta do policial militar 'é inaceitável, inadmissível e não reflete o comportamento e os ideais da instituição'.
"Determinei apuração rigorosa e imediata da Corregedoria da Polícia Militar com as devidas punições legais aos responsáveis e divulgação para a sociedade das medidas adotadas. Para que esses casos isolados não possam continuar comprometendo a imagem da instituição."
COM A PALAVRA, A POLÍCIA MILITAR DA BAHIA
"O policial militar já foi identificado e já foi ouvido na 19ª CIPM, unidade onde ele é lotado. Ele foi afastado das ruas e cumprirá expediente administrativo. O vídeo foi encaminhado ontem mesmo para a Corregedoria Geral da Polícia Militar para que seja instaurado um feito investigatório com o objetivo de apurar nas esferas administrativa e criminal.
A PM não preconiza a violência e rechaça todo e qualquer tipo conduta arbitrária e preconceituosa por parte de qualquer integrante da corporação."
VIA...NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são pessoais, é não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado, Infonavweb!

Topo